Extensão

Auxílio emergencial poderá ser estendido em mais duas parcelas de R$ 300

O presidente Bolsonaro chegou a informar que as parcelas extras “já estão acertadas” com o ministro Paulo Guedes, faltando apenas definir o montante.

Auxílio emergencial poderá ser estendido em mais duas parcelas de R$ 300

Auxílio emergencial. Foto: Divulgação

Publicado em 4 de junho de 2020 - 10:08

Por

O Governo Federal irá propor ao Congresso um valor adicional de R$ 600 por pessoa que já tem direito ao auxílio emergencial. Segundo o Blog da Ana Flor do G1, a preferência do presidente Jair Bolsonaro é que o valor seja dividido em duas parcelas de R$ 300.

O auxílio foi criado em abril, com previsão original de ser pago em três parcelas de R$ 600, até junho e o presidente já falou sobre a possibilidade de liberar mais parcelas do auxílio emergencial.

“Temos mais uma parcela de R$ 600,00, depois mais duas acertadas com o Paulo Guedes. Falta definir aí o montante. E vamos esperar que até lá os outros governadores entendam o que seja melhor pro seu estado e adotem medidas pra voltar aí o povo a trabalhar”, disse Bolsonaro ao falar com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada.

Ao discutir as parcelas extras, a equipe econômica trabalhava com a ideia de estender a ajuda a três pagamentos de R$ 200. Segundo uma fonte próxima do presidente, Bolsonaro achou o valor de R$ 200 baixo.

Por isso, ficaria mais flexível o pagamento de mais duas parcelas de R$ 300.

A preocupação do Governo são com as fraudes. Segundo o Tribunal de Contas da União (TCU), mais de 8 milhões de pessoas podem ter recebido indevidamente o auxílio. Além disso, 11 milhões de pedidos ainda aguardam análise.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com