Investigação

Patrícia Domingos denuncia Prefeitura do Recife por contratação empresa ‘fantasma’

A denuncia foi feita à Controladoria Geral da União, já que se tratam de verbas enviadas pelo governo Bolsonaro

Patrícia Domingos denuncia Prefeitura do Recife por contratação empresa ‘fantasma’

A pré-candidata Patrícia Domingos e o prefeito do Recife Geraldo Julio/ Foto: Montagem/ Portal de Prefeitura/ Andréa Rêgo Barros/PCR

Publicado em 27 de maio de 2020 - 13:57

Por

A pré-candidata à Prefeitura do Recife, Patrícia Domingos (Podemos), denunciou à Controladoria Geral da União, a locação, por parte da Prefeitura do Recife, de 40 rádios de comunicação da empresa COSTA & CESAR Comércio e Serviço de Tecnologia Ltda. A delegada da Polícia Civil afirmou que o valor do contrato assinado pelo prefeito da cidade, Geraldo Júlio (PSB), daria para comprar os equipamentos novos ao invés de alugar.

“O que chama atenção é que, com o valor do contrato, a Prefeitura poderia ter comprado os equipamentos ao invés de alugá-los e ainda sobraria dinheiro”, escreveu em uma rede social.

No Portal de Transparência da Prefeitura do Recife consta que esta empresa foi contratada, através da Dispensa de Licitação nº 133/2020, para locação dos 40 rádios de comunicação, por R$ 54.000,00. Ao consultar o valor de rádios comunicadores em sites de busca, o valor deste equipamento gira em torno de R$ 200,00 a R$ 500,00.

Foto: REPRODUÇÃO

Ao verificar o endereço constante no CNAE  (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) da empresa Patrícia e membro do “Fiscaliza Brasil” constataram que a mesma não funciona no local, não havendo nenhuma placa ou faixa indicativa de sua existência. Outros comerciantes locais informaram que nunca ouviram falar desta empresa no prédio comercial localizado na Av Agamenon Magalhães, 30, Prazeres. Ao consultarem o site da CELPE foi verificado que não consta nenhum contrato de fornecimento de energia elétrica para a citada empresa, “o que também causa estranheza, pois nenhuma empreendimento, nos tempos atuais, funciona à luz de velas”, ironizou a pré-candidata.

Foto: REPRODUÇÂO

A equipe informou ainda não ter localizado nenhum site da empresa. “Fica a dúvida de como a Prefeitura escolheu uma empresa que não possui sinais de existência no mundo físico, a não ser o seu CNPJ”.

Foto: Reprodução

“Enquanto milhares de reais são gastos de forma irresponsável, pessoas falecem e mais da metade dos leitos hospitalares do Recife seguem sem funcionar”, destacou Patrícia. “O Prefeito parece não se importar em ver a capital do nordeste se transformar na capital dos escândalos”, finalizou.

Os levantamentos foram realizados pela Delegada Patrícia Domingos e a ONG Fiscaliza Brasil, presidida por Thiago Lira.
“Fazemos um apelo à população para que nos ajude a fiscalizar e encaminhe denúncias a ONG Fiscaliza Brasil, através do site www.fiscalizabrasil.com.br ou das redes sociais”, solicitou.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com