Críticas

Malafaia diz que investigações da PF é “ditadura de toga”

O pastor cobrou buscas nas redações da Globo, Folha, Veja, Época e Estadão.

Malafaia diz que investigações da PF é “ditadura de toga”

Foto: Reprodução/YouTube

Publicado em 27 de maio de 2020 - 15:02

Por

O líder da igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, Silas Malafaia, se pronunciou sobre a operação da Polícia Federal contra fake news. Coordenada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, agentes cumpriram mandados contra os principais apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, como o ex-parlamentar Roberto Jefferson, condenado na Lava Jato, o jornalista Allan dos Santos, a ativista Sara Winter e o empresário Luciano Hang.

“Pergunta ao ministro Alexandre de Moraes sobre a operação da PF contra fake news: por que deixou de fora a imprensa? São os reis da fake news! Tinha que fazer buscas nas redações da Globo, Folha, Veja, Época, Estadão, O Globo, etc. Que país é esse? Ditadura da toga!”, escreveu o pastor.

Em outro post, o pastor acusa a imprensa de estar “se tornando tão escrota ao bater em Bolsonaro o tempo todo”. Ele ainda chamou ministros do STF de “intocáveis”.

“Os intocáveis! Pode debochar, falar mal , achincalhar o presidente, deputados e senadores , pastores, padres, religiosos em geral, artistas , jogador de futebol, diabo e etc….se falar alguma coisa contra ministros do STF , inquérito , processo, intimidação e etc. VERGONHA!”

 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com