Fiscalização

Deputada visita hospitais de campanha do Recife e constata que 70% dos leitos não funcionam

Ao todo, foram construídos 210 leitos de UTI em três hospitais fiscalizados, mas apenas 62 estão sendo utilizados e outros 148 permanecem inoperantes.

Deputada visita hospitais de campanha do Recife e constata que 70% dos leitos não funcionam

Deputada Estadual Clarissa Tércio. Foto: Divulgação/Alepe

Publicado em 27 de maio de 2020 - 17:30

Por

A deputada estadual Clarissa Tércio (PSC) visitou, nessa terça (26), hospitais de campanha no Recife para investigar denúncias de leitos vazios de UTI. As unidades fiscalizadas foram na Rua da Aurora, em Santo Amaro; na Av. Mascarenhas de Moraes, na Imbiribeira; e no Hospital da Mulher do Recife, no Curado.

No Hospital Provisório Recife 1, em Santo Amaro, foram provisionados 100 leitos de UTI para toda a pandemia, só que apenas 32 estão em funcionamento e os outros 68 estão inoperantes. No Hospital Provisório Recife 3, na Imbiribeira, há 80 leitos de UTI, sendo que 54 deles estão sem qualquer uso. No Hospital Provisório Recife 6, no Hospital da Mulher do Recife, existem 30 leitos de UTI e apenas quatro estão disponíveis para uso.

Segundo a deputada, o que mais chamou a atenção é que mais de 70% dos leitos não tem qualquer uso e estão vazios por falta de respiradores. Ao todo, foram construídos 210 leitos de UTI nestes três hospitais, mas apenas 62 estão sendo utilizados e outros 148 permanecem inoperantes.

Clarissa destacou o mau uso do dinheiro público por parte da Prefeitura do Recife. ”Além de desinformar a população dizendo que os leitos estão lotados, o que presenciei hoje foi o dinheiro público descendo pelo ralo”, protestou. “Pessoas morreram à espera de um leito de UTI”, lamentou.

A Prefeitura do Recife tem sido alvo de investigações por supostas irregularidades na compra de 500 respiradores, com dispensa de licitação, pelo valor de 11,5 milhões a uma empresa que revende produtos veterinários e colchões.

A parlamentar questionou ainda o prefeito Geraldo Júlio sobre os recursos recebidos pelo Governo Federal e finalizou classificando a situação dos hospitais de campanha como “absurda, imoral e revoltante”.

View this post on Instagram

Hospitais de campanha com 70% dos leitos vazios. Veja com seus próprios olhos, seu dinheiro descendo pelo ralo.

A post shared by Clarissa Tércio (@clarissatercio) on

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com