Críticas

“Nós estamos sendo governados por uma quadrilha de bandidos” Atacou Ciro Gomes ao defender impeachment de Bolsonaro

O ex-governador do Ceará publicou um vídeo nas redes sociais no qual chamou a reunião ministerial de “alucinação coletiva”.

“Nós estamos sendo governados por uma quadrilha de bandidos” Atacou Ciro Gomes ao defender impeachment de Bolsonaro

Foto: Reprodução

Publicado em 23 de maio de 2020 - 08:46

Por

Após a divulgação quase que integral do vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril, o ex-governador do Ceará gravou um vídeo de mais de 3 minutos fazendo duras críticas ao governo de Jair Bolsonaro. No vídeo, publicado nas redes sociais, Ciro chama de ‘paranoia’ e ‘alucinação coletiva’ a reunião na qual além de Bolsonaro, estavam presentes o vice-presidente Hamilton Mourão, o ministro da Casa Civil, Braga Netto e demais ministros do governo. Citando alguns nomes, Ciro disse que o Brasil está sendo governado “por uma quadrilha de bandidos”.

“Não dá para ficar calado diante disso. Estamos sendo governados por uma quadrilha de bandidos que precisa ser afastada do poder pelos caminhos da democracia e é por isso que eu defendo o impedimento desse presidente da República”, declarou o pedetista.

Ciro, que também foi candidato a presidente em 2018, também chamou “alucinação coletiva” sobre o que foi dito durante a reunião de Bolsonaro e ministros. Ele apontou os ministros Abraham Weintraub, Damares Alves e Ricardo Salles, como uma fila de “desatinos e maluquices” e criticou Bolsonaro por ter os levado ao governo.

“O nível de vulgaridade, de incompetência, de paranoia, de alucinação coletiva que Jair Bolsonaro conseguiu levar para o poder no Brasil. Um presidente que notoriamente faz da reunião um esforço para invadir atribuições de polícia, Judiciário, Polícia Federal em direção a proteger o que ele mesmo fala, seus amigos e familiares em função dos crimes que cometeram”, completou o político.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com