Alfinetada

“Não entrei no Governo para servir a um mestre. Entrei para servir ao País”, diz Moro

O ex-ministro concedeu entrevista à revista norte-americana Time.

“Não entrei no Governo para servir a um mestre. Entrei para servir ao País”, diz Moro

Foto: Agência Brasil

Publicado em 22 de maio de 2020 - 14:33

Por

O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, disse nesta quinta-feira (21) que aceitou o convite para entrar no governo Jair Bolsonaro com o objetivo de “servir ao país, à lei”. A declaração foi feita por Moro em entrevista à revista norte-americana Time.

“Eu não entrei no governo para servir a um mestre. Eu entrei para servir ao país, à lei”, disse o ex-juiz, ao compartilhar a matéria no Twitter.

Ainda na entrevista, Moro disse que se sentiu desconfortável em ser parte de um governo cuja liderança não levou a sério a pandemia do novo coronavírus (covid-19). “Mas o meu foco está no estado de direito”, acrescentou Moro na conversa.

“Eu tenho uma consciência absolutamente clara sobre o que fiz durante a lavagem de carros. Há uma tentativa de caracterizar tudo como perseguição política; para me considerar um carrasco ”, diz ele, ressaltando que Lula já foi condenado por corrupção.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com