Recife

Em nota, PCR bota em dúvida atuação de promotor que apontou irregularidades na compra de respiradores

O procurador citado é Cristiano da Paixão Pimentel, a gestão atual destaca que mais de 10 veículos de imprensa tiveram acesso a representação interna e assim gerar consequências político-eleitorais.

Em nota, PCR bota em dúvida atuação de promotor que apontou irregularidades na compra de respiradores

Geraldo Julio e Promotor Cristiano Pimentel. Foto: Reprodução

Publicado em 22 de maio de 2020 - 21:32

Por

Acompanhe a nota da prefeitura do Recife em que destaca colaborar com todos os órgãos de controle e que levanta questionamento sobre a atuação do Procurador Cristiano da Paixão Pimentel com a Prefeitura da cidade.

“A Prefeitura registra que tem atuado em colaboração com todos os órgãos de controle, em especial o Tribunal de Contas do Estado e o Ministério Público, pelos quais a gestão tem enorme respeito e admiração. Reuniões diárias e farta troca de documentação tem sido a tônica da relação com o corpo técnico e com os membros desses órgãos. O trabalho tem gerado resultados positivos para os recifenses em um momento tão desafiador para todos.

Infelizmente, ao que parece, essa não tem sido a relação do Procurador Cristiano da Paixão Pimentel com a Prefeitura. Somente ontem, indícios apontam que o referido procurador deu notícias de uma representação interna a 11 de veículos de imprensa, além de ter dado uma entrevista à Rádio Jornal, aparentemente com o intuito de construir um suposto escândalo. Somente em suas redes sociais pessoais, o procurador fez 12 postagens sobre o tema em um único dia.

O que é mais estranho, é que tudo aconteceu antes mesmo da Prefeitura ter sido notificada da representação interna para esclarecer as dúvidas sobre o processo. Fica a dúvida, se o interesse é mesmo pela apuração dos fatos, o que é um dever do procurador, ou apenas criar um suposto escândalo na mídia e gerar consequências político-eleitorais.

O resultado de toda esta situação, é que os respiradores pulmonares que iriam salvar vidas de recifenses, agora vão salvar vidas em outras cidades. A Prefeitura lamenta muito que a situação criada por um comportamento duvidoso, tenha gerado esse prejuízo à nossa população.

Continuaremos trabalhando incansavelmente para ajudar os recifenses e agradecemos todo o apoio que temos recebido da população, da sociedade civil organizada, dos órgãos de controle e de todos que estão unidos contra o vírus. A lamentável situação aqui registrada é, sem dúvida, resultado de um comportamento que representa uma exceção.”

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com