Pernambuco

Por determinação da Justiça, PM fará a fiscalização das filas da Caixa para evitar aglomeração

Liminar da Justiça Federal em Pernambuco estabelece que a Caixa Econômica Federal adote a força policial

Por determinação da Justiça, PM fará a fiscalização das filas da Caixa para evitar aglomeração

Pessoas na fila da agência da Caixa na Av. Cruz Cabugá. Foto: Reprodução/TV Globo

Publicado em 18 de maio de 2020 - 09:48

Por

Agências da Caixa Econômica Federal em Pernambuco terão que recorrer ao auxílio da Polícia Militar para fiscalizar as filas e evitar a aglomeração durante a pandemia. Medida se deu em função do grande número de pessoas que estão indo à Caixa para receber o auxílio emergencial de R$ 600.

A Justiça atendeu parcialmente ao pedido do Ministério Público Federal (MPF). De acordo com a liminar, governo do Estado deve disponibilizar agentes da força de segurança para atuar na organização das filas durante o horário de atendimento das agências. A fiscalização deve ser feita constantemente.

Na limitar especifica que que agentes do Exército, no âmbito nacional, devem trabalhar em conjunto com a Polícia Militar, mas apenas a PM acatou o pedido.

De acordo com o governo do Estado, desde o início de maio que há uma parceria entre os guardas municipais, agentes de trânsito, de controle urbano e em apoio aos funcionários da Caixa Econômica Federal estão trabalhando para diminuir os transtornos causados pela aglomerações nas filas dos bancos a fim de garantir a segurança dos usuários que precisam receber o auxílio. Além disso, o governo informou que conta com Instituto de Identificação Tavares Buril e Secretaria de Educação para conceder estrutura nas escolas em razão da emissão de documentos para os pernambucanos.

 

 

 

Veja essas e mais notícias em:

Posts Relacionados




WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com