Demissão

Após saída de Moro, secretário nacional de Justiça é exonerado

Vladimir Passos de Freitas já havia planejado sair da pasta depois do desligamento de Sergio Moro.

Após saída de Moro, secretário nacional de Justiça é exonerado

Vladimir Passos de Freitas trabalhou ao lado de Moro no Ministério da Justiça. Foto: Reprodução/ Twitter/ Sergio Moro

Publicado em 11 de maio de 2020 - 09:53

Por

O governo federal exonerou o secretário Nacional de Justiça do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Vladimir Passos de Freitas. Ele fez parte da equipe do ex-ministro Sergio Moro desde quando Moro assumiu a pasta. A demissão foi assinada pelo ministro chefe da Casa Civil, Braga Netto e publicada na manhã desta segunda-feira (11), no Diário Oficial da União.

Freitas já havia expressado que sairia do governo depois que Moro saiu do Ministério. Em rede social, o agora ex-secretário disse que em 1 ano e 4 meses, colheu uma das experiências mais ricas da vida.

“Fui para Brasília com o então ministro Sergio Moro. Diante de sua saída nessa data, comunico que também deixarei o MJSP. Em 1 ano e 4 meses, colhi uma das mais ricas experiências da minha vida”, publicou Vladimir.

No Diário Oficial da União, no entanto, não foi comunicado o substituto de Vladimir.

 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com