Cabo

Procon da cidade do Cabo fecha três lojas, após fiscalização com apoio da PM e guarda municipal

A fiscalização dos órgãos aconteceu em virtude de denúncias feitas por consumidores; os estabelecimentos fechados foram uma loja de cosméticos, de vestuário e um salão de beleza.

O Procon do Cabo de Santo Agostinho, com o apoio da Polícia Militar e Guarda Municipal interditaram na manhã desta sexta-feira (08), três estabelecimentos que estavam descumprindo o Decreto Municipal Nº 1.885, que determina o fechamento do comércio considerado serviço não essencial.

A fiscalização dos órgãos aconteceu em virtude de denúncias feitas por consumidores. Os estabelecimentos fechados foram uma loja de cosméticos, de vestuário e um salão de beleza.

Procon do Cabo fecha lojas da cidade.
Procon do Cabo fecha lojas da cidade. Foto: Divulgação

Todas as empresas que tiveram a suspensão do serviço efetuadas pelo estão sujeitas a outras penalidades.

“Além de fecharmos o estabelecimento e mandarmos os funcionários para casa, os estabelecimentos foram autuados pelo descumprimento e estão sujeitos à multas a partir de R$ 1,5 mil “, ressaltou Marcelo Soares, advogado do Procon Cabo.

“As lojas têm 10 dias para procederem a defesa. Em uma situação como essa, quando ações interferem na saúde pública, o descumprimento está passível de penalidades severas”, disse.

O consumidor que se deparar com algum caso de descumprimento do decreto ou ainda valor de produtos ou serviços relacionados ao novo coronavírus, que considere abusivo, poderá registrar denúncia, de forma anônima, pelo telefone 3521-6621.

Da redação do Portal com informações da Secom da cidade

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com