Saída

Moro deixa Ministério da Justiça e faz balanço de sua gestão com ações executadas

Anúncio aconteceu no final desta manhã de sexta-feira (24), após Bolsonaro exonerar chefe da Polícia Federal, Maurício Valeixo.

Moro deixa Ministério da Justiça e faz balanço de sua gestão com ações executadas

Sérgio Moro. Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo"

Publicado em 24 de abril de 2020 - 11:38

Por

Um dia após a repercussão se Sergio Moro deixaria ou não o ministério da justiça, desta vez é oficial. O ex-juiz da Lava Jato fez um pronunciamento no final da manhã desta sexta-feira (24), e formalizou a sua saída do ministério. Antes, ele fez um balanço das ações que realizou enquanto esteve na pasta. O estopim da saída foi a exoneração de Maurício Valeixo, e como consequência, a saída da chefia da PF.

Moro revelou que  a partir do segundo semestre do ano de 2019 houve uma insistência por parte do presidente Bolsonaro em trocar a chefia da Polícia Federal. Afirmou que disse para Bolsonaro que não se opunha à troca de comando na PF, desde que o presidente lhe apresentasse uma razão.

“Presidente, eu não tenho nenhum problema em troca do diretor, mas eu preciso de uma causa, [como, por exemplo], um erro grave”, disse Moro.

Moro disse ainda que o problema não é a troca em si, mas o motivo pelo qual Bolsonaro tomou a atitude. Segundo o agora ex-ministro, Bolsonaro quer “colher” informações dentro da PF, como relatórios de inteligência.

Foi externado em coletiva que a promessa de carta branca enquanto fosse ministro estaria deixando de acontecer. Ficaram claras a insatisfação e o aborrecimento de Moro para com as interferências de Bolsonaro no ministério. Segundo Moro, a autonomia da Polícia Federal “é um valor fundamental que temos que preservar dentro de um estado de direito”.

Moro afirmou ainda que ao contrário do que aparece no “Diário Oficial”, ele não assinou a exoneração de Valeixo, nem o diretor-geral da PF pediu para sair.

Segundo Moro, a Secretaria de Comunicação da Presidência (Secom) mentiu ao dizer em uma rede social que a exoneração foi “a pedido”.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com