Denúncia

Profissionais de saúde cobram maior suporte do governo de Pernambuco no combate ao Covid-19

Trabalhadores da linha de frente da doença se queixam do insuficiente número de testes que são disponibilizados pelo governo.

Profissionais de saúde cobram maior suporte do governo de Pernambuco no combate ao Covid-19

Profissionais de saúde no combate ao Covid-19. Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR

Publicado em 17 de abril de 2020 - 10:28

Por

Os profissionais da área de saúde são os primeiros a trabalhar no combate ao novo Coronavírus que, em Pernambuco, já contaminou 1.683 pessoas, segundo o dado mais recente divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) nesta quinta-feira (16). Médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem reclamam da falta de suporte do poder público para continuar trabalhando com segurança em meio à pandemia.

Dos casos de Covid-19 confirmados no Estado, cerca de 227 são profissionais da saúde. Umas das principais reclamações feitas pelo Sindicato dos Enfermeiros no Estado de Pernambuco é a insuficiência de testes realizados nos trabalhadores. A mesma queixa também é feita pelos médicos os quais 1.120 profissionais se encontram afastados com suspeita de coronavírus. O Sindicato de Médicos de Pernambuco informou que 670 médicos
tiveram acesso a testes e 377 tiveram o resultado positivo, quantitativo abaixo do número de suspeitas.

Denúncia

As reclamações também vão mais além do acesso aos testes. No próprio atendimento em unidade de saúde, profissionais se sentem lesados por não terem prioridade na assistência. De acordo com denúncia enviada à TV Jornal, uma técnica de enfermagem disse que chegou às 7h na Policlínica Waldemar de Oliveira, no bairro de Santo Amaro, no Recife, e teve de esperar a chegada de uma ambulância que só chegou às quase 20h.

O que diz a SES

A Secretaria Estadual de Saúde informa que reafirma seu compromisso com a testagem em tempo oportuno dos profissionais de saúde, considerado grupo prioritário para a gestão. Além disso, também foram abertas três seleções simplificadas para reforçar os quadros dos hospitais estaduais.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com