Recife

Prefeitura do Recife faz economia de R$ 230 milhões em gastos para investir em ações contra Covid-19

Após promover novo corte de despesas com a revisão de contratos diversos, dinheiro é aplicado em estratégias para salvar vidas na capital pernambucana.

Prefeitura do Recife faz economia de R$ 230 milhões em gastos para investir em ações contra Covid-19

Equipamentos de novos leitos no Recife. Foto: Andréa Rêgo Barros/ PCR

Publicado em 16 de abril de 2020 - 22:53

Por

Para viabilizar todos os esforços que vêm sendo feitos pelo poder público municipal no sentido de conter o avanço da pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura do Recife anuncia, nesta quinta-feira (16), novo corte de despesas para salvar vidas na capital pernambucana. Após promover uma redução de R$ 180 milhões em suas despesas, com a revisão de contratos diversos, a Prefeitura do Recife faz um novo esforço de gestão e amplia o corte em R$ 50 milhões para destinação de verbas às estratégias urgentes de contenção de uma das maiores emergências de saúde pública já enfrentadas pelo mundo. Os cortes já totalizam R$ 230 milhões.

“Dentre os grandes desafios impostos por essa pandemia, um dos maiores é viabilizar os recursos necessários para seu enfrentamento. Por isso fiz hoje mais uma reunião virtual com todos os secretários para estabelecer essa ampliação do esforço da Prefeitura do Recife, que está cortando de todas as secretarias, em todas as áreas, para viabilizar mais R$ 50 milhões de recursos próprios, que serão investidos no atendimento à saúde e a todos os desafios impostos pela pandemia”, afirmou o prefeito Geraldo Julio, há pouco, pelas redes sociais da Prefeitura.

Prefeito do Recife Geraldo Julio.

Prefeito do Recife Geraldo Julio. Foto: Andréa Rêgo Barros/ArquivoPCR

Os recursos serão destinados para as medidas prioritárias do Plano Municipal de Contingência Covid-19, como a instalação de mais de mil leitos exclusivos para a doença na rede municipal de Saúde – dos quais 399 já estão prontos-, contratação de profissionais de saúde, compras de equipamentos médico-hospitalares e de proteção individual, distribuição de cestas básicas, de quentinhas e abertura de vagas para acolhimento da população em situação de rua, entre outras ações.

A soma foi possível graças a uma redução ainda mais profunda no custeio das demais secretarias municipais, da realocação de recursos de investimentos diversos, para a área de Saúde, e a revisão de contratos em geral. O anúncio foi feito pelo prefeito Geraldo Julio após Reunião de Secretariado realizada por videoconferência, respeitando as regras de Isolamento Social. Além das ações de cortes de despesas, foi feito um balanço das 184 ações que compõem o Plano Municipal de Contingência Covid-19.

Itens e produtos para o combate ao Covid-19 no Recife.

Itens e produtos para o combate ao Covid-19 no Recife. Foto: Andréa Rego Barros/ PCR.

“Revisitando contrato por contrato, junto com equipes de cada secretaria, olhamos no detalhe o que ainda pode ser cortado. Repactuamos contratos e suprimimos ações que não sejam prioritárias. É um corte necessário. detalhou Ricardo Dantas, secretário de Finanças do Recife. “Além da revisão de contratos, tivemos sucesso também na conquista de uma liminar, acompanhando mais de 20 estados da Federação, de suspensão do pagamento da dívida com o Governo Federal, que chegou a anunciar que estados e municípios deixariam de pagar suas dívidas com a União, mas não viabilizou nada disso do ponto de vista prático, por meio de projeto de lei ou medida provisória. Essa liminar representará uma economia de R$ 70 milhões até dezembro, somando-se a todos os esforços da Prefeitura do Recife para economizar recursos e salvar mais vidas”, disse o secretário.

O prefeito Geraldo Julio voltou a pedir a mobilização da população na ampliação do isolamento social nos próximos dias, em que a pandemia tende a atingir níveis mais críticos de contaminação. “Estamos conseguindo ampliar o isolamento nos últimos dias. Nossa meta atual é voltar a atingir os 60%. Reforçamos o pedido de que a população siga fazendo o isolamento, que é uma estratégia eficaz de enfrentamento da doença. Manteremos regras e ampliaremos estratégias de convencimento e conscientização da população, como campanhas de comunicação, através de mensagens de celular e carro de som”, afirmou o prefeito.

Da redação do Portal com informações da PCR

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com