Alepe

Deputados defendem Bolsonaro e pedem “união, sem partidarismo” durante a pandemia

A atuação do presidente durante o surto da covid-19 foi alvo de críticas e elogios durante a sessão

Deputados defendem Bolsonaro e pedem “união, sem partidarismo” durante a pandemia

Publicado em 9 de abril de 2020 - 14:57

Por

Após críticas do deputado estadual João Paulo (PCdoB) ao presidente Jair Bolsonaro, outros deputados saíram em defesa do mandatário. O debate ocorreu durante a Reunião Plenária virtual dessa quarta-feira (8). João alegou que o chefe do Executivo tem uma ação “tresloucada” e que há dúvidas se ele “efetivamente comanda o País”.

Pastor Cleiton Collins (PP) apartiou o colega e lembrou que “os governadores, inclusive o de Pernambuco, estão fazendo um grande trabalho e necessitam do apoio da população. Precisamos deixar os partidos de lado e pensar no povo”. Outro que também saiu em defesa do presidente foi  Delegado Erick Lessa (PP) que avaliou: “não vale a pena fazer uma discussão ideologizada sobre isso. Não devemos subir em palanques neste momento”.

As falas de defesa foram rebatidas por José Queiroz (PDT) que declarou que a questão com Bolsonaro não é partidária. “Queremos a união, mas que seja na direção de agir corretamente no combate ao coronavírus. Não podemos deixar o presidente levando o País ao abismo”, afirmou. Dulcicleide Amorim (PT) ressaltou que “os julgamentos envolvendo o PT não foram feitos com imparcialidade”. “E se é pra falar de roubo, precisamos falar também de lideranças de Petrolina que são ligadas a Bolsonaro. Com relação à pandemia, o discurso do presidente é de suicídio em massa”, fazendo referência ao pai e ao irmão do deputado Antônio Coelho (DEM).

 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com