Reabertura

Governadores de Mato Grosso, Rondônia e Santa Catarina seguem Bolsonaro e reabrem o comércio

A decisão de reabertura dos comércios foram atendidas após pedido do presidente Jair Bolsonaro para o fim do isolamento total.

Governadores de Mato Grosso, Rondônia e Santa Catarina seguem Bolsonaro e reabrem o comércio

Governadores do Mato Grosso, Rondônia e Santa Catarina/ Foto: Montagem

Publicado em 27 de março de 2020 - 14:13

Por

Governadores do Mato Grosso, Rondônia e Santa Catarina

Governadores do Mato Grosso, Rondônia e Santa Catarina/ Foto: Montagem

Os governadores de Mato Grosso, Rondônia e Santa Catarina anunciaram a volta do funcionamento do comércio, após pedido do fim do isolamento social, feito pelo presidente Jair Bolsonaro, em pronunciamento oficial feito em rede nacional.

  • Mato Grosso

O governador do Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM),  anunciou nesta quinta-feira (26), a volta do funcionamento do comércio e do transporte coletivo que sofriam restrições pelo coronavírus. Outras medidas de isolamento social só foram mantidas para idosos e grupos de risco, o chamado isolamento vertical, defendido pelo presidente Jair Bolsonaro.

O novo decreto estadual reabre bares, cafés, redes de supermercado e estabelecimentos alimentícios na modalidade delivery, além de restabelecer a circulação do transporte público municipal e metropolitano com passageiros sentados.

A permissão se estende a táxis, aplicativos e transporte de funcionários por empresas. Restaurantes em rodovias foram liberados para funcionar, assim como bancos, lotéricas, igrejas e templos. Mendes manteve o isolamento domiciliar para idosos e grupos de riscos, como pessoas com doenças crônicas. As aulas continuam suspensas até 5 de abril nas escolas públicas e privadas.

  • Rondônia

O governador de Rondônia, Marcos Rocha, do PSL, assinou decreto na noite de quarta-feira (25) liberando o funcionamento parcial do comércio em todo o Estado. Também voltam a funcionar indústrias, obras e serviços de engenharia, oficinas mecânicas, autopeças, hotéis e hospedarias.

“Segmentos do setor produtivo não podem parar. Para isso, incluímos alguns itens em um novo decreto que apenas acrescenta novas medida que estão sendo adotadas”, disse se referindo ao decreto de calamidade pública que havia baixado para evitar a disseminação do coronavírus.

  • Santa Catarina

O governo de Santa Catarina, publicou portarias nesta quinta-feira (26) autorizando a retomada de obras públicas de infraestrutura e de conservação rodoviárias, que estavam suspensas devido ao coronavírus. Também foi liberado o funcionamento de atividades de suporte para disponibilização de insumos, com atendimento de tele-entregas.

O governador Carlos Moisés anunciou um “Plano Estratégico” para retomada gradual da economia catarinense, permitindo ainda a reabertura de restaurantes, academias, shopping centers, bares, restaurantes e comércio em geral a partir de 1º de abril.

O Estado foi um dos primeiros a estabelecer quarentena em todo território, com suspensão de transporte coletivo e fechamento de todos os estabelecimentos que não fossem considerados essenciais. As escolas e o serviço de transporte coletivo continuam suspensos.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com