Negou

Paulo Câmara nega que vai ao STF para mandar fechar igrejas

Governador afirmou que não pensa em fechar templos religiosos e que as igrejas são importantíssimas para ajudar na prevenção do coronavírus.

Paulo Câmara nega que vai ao STF para mandar fechar igrejas

Foto: Reprodução

Publicado em 26 de março de 2020 - 18:03

Por

Foto: Reprodução

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), negou que poderia recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que as igrejas fossem fechadas.

O Portal de Prefeitura teve contato com um parlamentar, que ao falar com o governador sobre o assunto, Paulo negou que iria recorrer ao STF e afirmou ficar bastante surpreso com a notícia, alegando se tratar de uma “fake news”. O governador também informou que sempre foi “muito próximo dos líderes evangélicos” e que apenas pediu que fosse seguido uma recomendação.

Dentro da recomendação está evitar a aglomeração de pessoas, seja em igrejas, shows, bares ou em quaisquer ambiente que possa aumentar o índice de proliferação do coronavírus nas pessoas, aumentando assim, o número de casos.

O governador também disse que sempre pode contar com as igrejas, pois elas tem um perfil solidário e de ajudar o próximo e que conta com as igrejas para disseminação das informações verdadeiras de como os fiéis podem se proteger do coronavírus.

Paulo em contato com o deputado teria afirmado que jamais pensou em fechar igrejas, pois o decreto não caracteriza quais os locais que ficaram fechados e sim, todos os locais com aglomerações de mais de 50 pessoas e que “não vai ao STF”.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com