Pandemia

Artigo: Até quando teremos que empurrar o poder público para que o mesmo cumpra as suas obrigações?

Creio que esta seja a pergunta que está na cabeça de muitas pessoas que acompanham a política, a gestão pública e a governança no nosso país.

Artigo: Até quando teremos que empurrar o poder público para que o mesmo cumpra as suas obrigações?

Publicado em 23 de março de 2020 - 17:59

Por

Foto: Reinaldo Barreiros Presidente do MCL

Ver nossos governantes divididos entre apáticos e baratas tontas é desesperador, não sendo injusto a alguns, que tem tomado providencias com coerência e força, pois ninguém imaginava que estaríamos a frente do evento que assim como o 11 de Setembro irá transformar o mundo em todos os aspectos.

Penso que devemos avaliar em parar de escolher apenas por empatia e pensar em pessoas preparadas para situações como esta. Devemos começar a escolher bem melhor nossos governantes, pois serão eles que tomarão as decisões que salvarão ou colocarão em risco a vida de toda uma comunidade.

Se pensarmos desta forma temos um prognóstico de um destino bem triste para a nossa Camaragibe, pois entra numa crise de saúde com seus hospitais sucateados, seus profissionais de saúde desprestigiados e apesar de ter uma médica sentada na cadeira mais importante da cidade, sofre como se fosse gerida por uma criança dona de um fiteiro; na verdade creio que talvez um dono de fiteiro faria escolhas melhores que a da prefeita por entender muito mais da realidade do povo e de sobrevivência.

Nós do MCL pensamos que em Camaragibe o preço a se pagar pode ser bem alto por conta do despreparo dos governantes, da falta de instrução da população e da bagunça dos serviços públicos, que não conversam entre sim para uma estratégia que salve a cidade.
Um verdadeiro cada um por si, afinal quando todos governam, ninguém governa. Não podendo nem se esperar nada do legislativo, pois o mesmo é presidido por alguém que nem na presidência deveria estar.

Em momentos como este de crise é que nascem os movimentos de representação do povo como o Camaragibe Livre e hoje somos a maior voz daqueles que só são ouvidos na hora do voto e com isto recebemos diariamente denúncias de todos os malfeitos da cidade e neste último sábado nós do MCL recebemos a notícia de uma senhora que teria sido sepultada em Camaragibe cuja causa de falecimento foi uma infecção pulmonar agudo grave, mas suspeita-se de uma pneumonia causada pelo Covid-19 (dizemos suspeita-se pois a cópia do relatório ao qual tivemos acesso coloca os termos seguidos de um ponto de interrogação (?) evidenciando o desconhecimento real da causa da morte).

Aí ficam nossos questionamentos sobre governança em meio à crise, pois temos dois cenários preocupantes:

No primeiro deles a suspeita de uma morte por Covid-19 e a não tomada dos devidos cuidados de sepultamento para evitar o contágio de mais pessoas.

No segundo cenário uma morte que não teve relação com a pandemia, mas que traz em seu laudo uma dúvida sobre a causa.

Ou seja; não temos procedimentos, nem protocolos, portarias ou quaisquer direção que possa orientar a todos os profissionais de saúde e atendimento funerário isto tudo mesmo com tanta informação vinda ao redor do mundo dizendo que os sepultamentos são um local de grande propagação do vírus.

Mas o que podemos esperar de um governo que até o mesmo sábado ainda permitia que as lojas estivessem abertas e as pessoas estivessem circulando com se nada tivesse acontecido?

Já hoje pela manhã após o governo ter sido como de costume empurrado pela população a fazer a sua obrigação, começamos a ver algumas ações tímidas em favor da supressão do vírus no tocante a aglomerações.

Temos muito medo deste desgoverno pois temos muita gente que amamos morando na cidade e com isto pedimos a população que seja coerente com seus cuidados de saúde e não espere algo vindo do poder público municipal, pois o seu perfil e de querer apenas um lugar alto para fazer de palanque, seja uma parada de BRT, seja uma escola em ruínas, um teatro ou até mesmo um túmulo.
Deste governo não esperávamos nada pois o mesmo sequer tinha um plano pra a gestão da cidade em dias normais, quanto mais para gerir uma crise. Dias difíceis são piores com um governo ruim.

Mas para encerrar este desabafo as perguntas que ficam são:

Até quando nós da sociedade civil teremos que empurrar esta Kombi velha lotada de incompetente ladeira acima?

Quando que eles vão assumir suas responsabilidades de trabalhar em favor do povo ao invés de só querer o poder pelo poder através da politicagem?

Até quando toleraremos isto?

Oremos e que Deus nos proteja.

Dedico este artigo a minha filha, Viviam Barreiros, que está em quarentena em Nova Iorque. 

 

 

Reinaldo Barreiros
Presidente do MCL
[email protected]
5511-950763154
< Perfil in social media >
www.facebook.com/reinaldo.barreiros
instagram.com/reinaldonb
twitter : @reinaldonb

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com