Home Office

TRT-PE libera mais servidores para trabalhar em casa por causa do coronavírus

Segundo o governo estadual, 12 casos estão sob investigação e 18 foram descartados. Nenhuma ocorrência da doença foi confirmada, de acordo com o estado. 

TRT-PE libera mais servidores para trabalhar em casa por causa do coronavírus

TRT-PE 6ª Região/ Foto: Reprodução

Publicado em 11 de março de 2020 - 11:33

Por

TRT-PE

TRT-PE 6ª Região/ Foto: Reprodução

O Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-PE) liberou mais servidores para trabalhar em casa por causa do coronavírus. A decisão foi divulgada nesta terça-feira (10) e o tribunal acabou com uma regra que estabelecia um limite de 30% de pessoal de cada departamento que poderia realizar as atividades na modalidade teletrabalho.

Entre 25 de fevereiro e segunda-feira (9), Pernambuco notificou 30 possíveis casos suspeitos do vírus Sars-Cov-2, o novo coronavírus. Segundo o governo, 12 estão registros em investigação e 18 foram descartados. Nenhuma ocorrência da doença foi confirmada, de acordo com o estado.

Segundo o tribunal, atualmente, existem 1.799 servidores. Desse total, 352 já fazem trabalho em casa. O TRT-PE informou que, com a nova medida, que já está em vigor, caberá aos chefes de cada setor decidir se será possível ampliar a quantidade de profissionais atuando a partir de suas residências.

“A decisão colegiada se deu como política de prevenção diante dos riscos de transmissão do Coronavírus, causador da COVID-19, doença que já atingiu mais de 100 países e é classificada pela Organização Mundial da Saúde como uma epidemia”, informou o TRT-PE, em texto postado no site.

O TRT da 6ª Região disse, ainda, que “todas as audiências nas Varas do Trabalho e nos Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (Cejuscs) de primeiro e segundo graus, bem como as sessões do Tribunal e das Turmas estão mantidas e não sofrerão qualquer impacto com a medida”.

O tribunal também destaca que existem atividades incompatíveis com o teletrabalho. Entre elas, o TRT-PE, cita, como exemplo, servidores que estão em estágio probatório ou oficiais de Justiça, que atuam foram das sedes do tribunal.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com