EUA

Presidente Bolsonaro visita unidade da Embraer em Jacksonville, na Flórida

Em pouco mais de 50 anos, empresa já entregou mais de oito mil aeronaves nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança e Aviação Agrícola.

Presidente Bolsonaro visita unidade da Embraer em Jacksonville, na Flórida

Foto: Alan Santos/PR

Publicado em 11 de março de 2020 - 21:34

Por

Bolsonaro durante visita à fábrica da Embraer nos EUA

Foto: Alan Santos/PR

Na terça-feira (10), o presidente Jair Bolsonaro visitou as instalações da Embraer em Jacksonville, Flórida, aonde chegou embarcado em uma aeronave VC-2, fabricada pela própria empresa. O presidente reuniu-se com representantes da empresa e visitou o hangar da companhia, onde cumprimentou funcionários e conheceu a linha de produção das aeronaves.

“Uma empresa genuinamente brasileira, que nos orgulha fora do Brasil. Ela representa a alma do povo brasileiro e toda a sua capacidade de vencer”, disse Bolsonaro em discurso durante a visita.

O presidente participou da cerimônia de descerramento da placa comemorativa da visita e conheceu o Super Tucano A-29, um dos produtos de maior referência no mercado de segurança e defesa produzido pela Embraer.

“A visita do presidente Bolsonaro hoje foi um marco importantíssimo. Ele estreita essa relação com a Embraer, que nasceu no seio da Força Aérea Brasileira, e hoje é uma empresa de desenvolvimento tecnológico e inovação reconhecida internacionalmente”, afirmou o presidente da Embraer, Francisco Gomes Neto.

Essa unidade da Embraer emprega 81 funcionários, dos quais 65% são veteranos militares americanos. Desde setembro de 2014, quando a primeira aeronave oriunda dali foi entregue, 32 unidades já foram distribuídas.

Bolsonaro visita unidade Embraer nos EUA

Foto: Alan Santos/PR

“Jacksonville é um polo de desenvolvimento tecnológico muito grande e temos um nicho muito especifico, que é muito representativo para o Brasil, a fábrica da Embraer de Super Tucanos. O presidente terá a oportunidade de ver como hoje há uma interação muito grande no setor de alta tecnologia entre a indústria aeroespacial brasileira e também americana na produção desse jato”, afirmou o embaixador João Mendes, cônsul-geral na Flórida, antes da visita.

Super Tucano

O A-29 Super Tucano, da Embraer, é referência mundial para missões de ataque leve, apoio aéreo tático e reconhecimento. O A-29 é fabricado pela Embraer no Brasil e em uma segunda linha de montagem nos EUA, em parceria com a Sierra Nevada Corporation (SNC). O A-29 já foi selecionado por 15 forças aéreas em todo o mundo, com mais de 230 aeronaves entregues e mais de 250 vendidas

É a única aeronave de ataque leve com um certificado de tipo militar da Força Aérea dos EUA, apresentando um custo por hora de voo de aproximadamente US$ 1.000. Pode operar em pistas não preparadas e ambientes austeros e emprega os mais modernos armamentos inteligentes e sensores de vigilância.

O A-29 Super Tucano foi desenvolvido pela Embraer de acordo com requisitos da Força Aérea Brasileira (FAB). Após o início das operações com a FAB, esse modelo tornou-se um sucesso de vendas, sendo exportado para países da América do Sul, Ásia e África. Em 2019, o o Super Tucano participou pela primeira vez do exercício de combate simulado Green Flag na Base Aérea de Nellis, Nevada.

“Os super tucanos são vendidos para a Força Aérea Americano, para o governo americano, e são utilizados em diferentes lugares do mundo. Estão voando no Afeganistão, no Líbano, na Nigéria, representando a confiança do governo americano na tecnologia brasileira, com qualidade e custo corretos”, afirmou o presidente de Defesa e Segurança da Embraer, Jackson Schneider.

Da redação do Portal com informações do Planalto Federal 

Veja essas e mais notícias em:

Posts Relacionados




WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com