Forças Armadas

Construção de fragatas para a Marinha vai impulsionar indústria naval

O contrato firmado entre a Marinha do Brasil e a Egenpron vai possibilitar a construção de quatro Fragatas da Classe Tamandaré.

, Construção de fragatas para a Marinha vai impulsionar indústria naval
Foto: Marinha do Brasil

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva assinou na última quinta-feira (5) um contrato com a Empresa Gerencial de Projetos Navais (Engenpron) para a construção de quatro Fragatas da Classe Tamandaré. Na fase de projeto executivo já serão detalhadas as fases de construção das embarcações.

A previsão é de que o primeiro navio fique pronto em 2025. A Engenpron é a gerente do contrato firmado com o consórcio vencedor, composto pela Embraer Defesa & Segurança, Thyssenkrupp Marine Systems e Atech.

O ministro Azevedo destacou que o investimento em defesa reflete diretamente em benefícios à população. “Além de aumentar a capacidade operacional e dissuasória da Marinha, também gerará milhares de empregos”, ressaltou o Ministro.

Para Comandante da Marinha, Almirante Ilques Barbosa Junior, o momento tem significado especial para a história da Marinha, pois promove a retomada da construção naval e afirmou que serão construídos navios com alta tecnologia.

“O Programa proporcionará a absorção de tecnologias e conhecimentos, de forma gradativa e consistente, de modo a capacitar no estado da arte a indústria nacional e a Força Naval”, concluiu.

Presidente da Embraer Defesa & Segurança, Jackson Medeiros de Farias Schneider, afirmou que a construção dos navios é estratégica para a mobilização da Esquadra Brasileira e que “o compromisso em atender as aspirações de soberania do povo brasileiro sempre esteve presente no DNA da Embraer.”

Da redação do Portal com informações do Governo Federal 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal