Preocupação

Felipe Dantas explica que “perda de recursos, é incompetência da gestão de Camaragibe”

Pré-candidato criticou a possibilidade de perda de R$ 2 milhões do município na área da saúde, por falta de envio de informações.

Felipe Dantas é pré-candidato a prefeito de Camaragibe pelo partido Verde
Foto: Beto Dantas/Portal de Prefeitura

O pré-candidato à Prefeitura de Camaragibe e especialista em contrato administrativo, Felipe Dantas (PV), criticou a atual gestão do município de Camaragibe, que por falta de envio de informações, pode perder R$ 2 milhões na saúde, de acordo com informações obtidas através do Sistema de Informações Sobre Orçamentos Públicos (SIOPS).

Dados oficiais do Governo Federal indicam que a cidade cadastrou somente 63.832 moradores dos  157.828 existentes. O prazo de envio das informações acaba em abril e a Prefeitura Municipal necessita cadastrar aproximadamente 100 mil habitantes em poucos dias.

“A política que está sendo feita em nossa cidade, é uma política que está sendo pautada em um balcão de negócios e não com a infraestrutura administrativa. Não adianta fingir ter sentimentos pela cidade, se agente não cuida da administração pública que vai dar sustentação as políticas públicas”, criticou.

Felipe informou que não adianta buscar “soluções fantasiosas” e que não se tem concursos para a área de saúde de Camaragibe. Além da quantidade de agentes de saúde que, segundo Dantas, não supria a população de Camaragibe, pois no período que que não houve mais concurso, muitos agentes se aposentaram ou morreram e não foi colocado outros no lugar, diminuindo o número de profissionais.

Em nota, a Prefeitura de Camaragibe esclareceu que o problema se originou porque a empresa responsável pela consolidação e também pela transmissão dos dados enfrentou problemas de ordem operacional.

Felipe respondeu a nota dizendo que isso é “uma inconsistência de cadastro, é quando o agente de saúde faz o cadastro da família e de alguma forma se apresenta alguma inconsistência”.

Solução

“A solução é dar estrutura ao agente de saúde, por exemplo não tem como cadastrar uma família, que fica em uma área descoberta, onde a rua não existe, o endereço está errado”, explicou.

E criticou dizendo que “é um problema de recadastramento imobiliário, é um problema que passa por uma grande falta de planejamento, de uma ausência do poder público tem dentro da cidade, de a quase vinte anos a gente não ter um Plano Diretor descente que acompanhe o crescimento da cidade”.

Pré-candidatura

Felipe é advogado e foi procurador e será um dos nomes forte para as eleições de Camaragibe em 2020. O PV definiu presença no palanque de Felipe Dantas para 2020, assim como a REDE Sustentabilidade já havia declarado apoio em novembro.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal