Agenda

Bolsonaro transmite cargo e segue para encontro com Trump nos EUA

Presidente da República também tem encontro com a comunidade brasileira na Flórida, onde vivem cerca de 400 mil brasileiros.

Bolsonaro transmite cargo e segue para encontro com Trump nos EUA

Bolsonaro cumpre agenda nos EUA/ Foto: Alan Santos/PR

Publicado em 7 de março de 2020 - 10:28

Por

Bolsonaro cumpre agenda nos EUA/ Foto: Alan Santos/PR

Na manhã deste sábado (7), o presidente da República, Jair Bolsonaro, embarcou para os Estados Unidos, onde cumpre agenda entre os dias 7 e 10. O vice-presidente, Hamilton Mourão, acompanhou o presidente até a Base Aérea de Brasília (DF), para a transmissão do cargo.

Jair Bolsonaro transfere cargo ao vice-presidente Mourão/ Foto: Alan Santos/PR

Durante a visita, a quarta do presidente aos EUA – resultado de um convite do senador pela Flórida e ex-governador do estado, Rick Scott -, Bolsonaro participa de seminário para empresários e investidores norte-americanos, vai a uma unidade do Departamento de Defesa americano e à fábrica da Embraer na Flórida, estado que abriga expressiva comunidade brasileira e com o qual o Brasil já possui fortes vínculos econômicos e comerciais.

De acordo com o embaixador João Mendes, cônsul-geral na Flórida, o Brasil é o principal parceiro econômico-comercial do estado. “Estamos vivendo um momento histórico. Pela primeira vez, nós temos um presidente da República que vem a Miami, onde está localizada a maior comunidade brasileira no exterior hoje em dia. É um momento que a comunidade está esperando há bastante tempo. Do ponto de vista econômico-comercial, a Flórida hoje, se fosse um país, seria o décimo parceiro econômico-comercial do Brasil.”

Foto: Reprodução

Para o cônsul-geral, essa visita à Flórida servirá para reforçar os vínculos com um dos principais estados americanos, que abriga uma comunidade de cerca de 400 mil brasileiros e mantém comércio de mais de US$ 20 bilhões com o País.

Na noite deste sábado, Jair Bolsonaro participa de seu primeiro compromisso oficial, uma reunião bilateral com o presidente dos Estados Unidos da América, Donald Trump. Em sua conta pessoal nas redes sociais, o presidente adiantou os assuntos a serem debatidos, como a cooperação na área de defesa e econômica.

No domingo (8), o presidente brasileiro irá ao U.S. Southern Command, comando da defesa americana responsável pelo hemisfério sul. Lá, será recebido pelo comandante militar do sul, que promoverá a apresentação do comando a Bolsonaro. Está prevista ainda a realização de uma mesa redonda com a participação de autoridades brasileiras e americanas.

Na segunda-feira (9), Jair Bolsonaro participa da abertura do Seminário Empresarial Brasil-Estados Unidos na Flórida, ao lado do presidente da Apex Brasil, Sérgio Segovia, do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, do prefeito de Miami, Francis Suarez, e do senador Rock Scott.

Um encontro com a comunidade brasileira na Flórida também está previsto na agenda do presidente. “O principal item que queremos mostrar é que o brasileiro é um povo positivo, honesto e trabalhador. A comunidade brasileira na Flórida é atuante e responsável. A comunidade brasileira aqui é muito respeitada”, destacou o presidente do Conselho de Cidadãos Brasileiros na Flórida, Cássio Segura.

Tecnologia aeroespacial

No dia seguinte, o líder brasileiro participa da abertura de outro evento, a Conferência Internacional Brasil-Estados Unidos: um novo prisma nas relações de parceria e investimentos, e visita fábrica da Embraer em Jacksonville, onde chegará embarcado em uma aeronave fabricada pela própria empresa.

“Jacksonville é um polo de desenvolvimento tecnológico muito grande e temos um nicho muito especifico, que é muito representativo para o Brasil, a fábrica da Embraer de super tucanos. O presidente terá a oportunidade de visitar a planta da Embraer e ver como hoje há uma interação muito grande no setor de alta tecnologia entre a indústria aeroespacial brasileira e também americana na produção desse jato super tucano”, afirmou o embaixador Mendes.

A viagem do presidente aos Estados Unidos poderá aproximar ainda os dois países, os maiores do continente americano. Ambos possuem economias dinâmicas e diversificadas e grande convergência de valores e interesses. Os Estados Unidos é o principal destino das exportações brasileiras de produtos manufaturados, além de ser um investidor tradicional no Brasil: empresas atuam no mercado brasileiro há mais de cem anos.

Da redação do Portal com informações do Planalto

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com