Dificuldade

Rodrigo Maia: “A gente não consegue organizar um país apenas fazendo as reformas e cortando”

O presidente da Câmara fez as declarações ao deixar a cerimônia de filiação do apresentador José Luiz Datena ao MDB.

Rodrigo Maia: “A gente não consegue organizar um país apenas fazendo as reformas e cortando”

Rodrigo Maia participou da filiação do apresentador Datena ao MDB/ Foto: Kleyton Amorim

Publicado em 5 de março de 2020 - 12:05

Por

Rodrigo Maia participou da filiação do apresentador Datena ao MDB/ Foto: Kleyton Amorim

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta quarta-feira (4) que o fraco crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) em 2019, de 1,1%, já era esperado e defendeu que o governo faça investimentos para ajudar na retomada econômica do país.

Maia participou nesta quarta-feira (4) da cerimônia de filiação do apresentador José Luiz Datena ao MDB.

“Um dos números mostra uma queda do volume de investimento público, uma queda dos serviços na área pública, o que prova que a aplicação do Orçamento, os investimentos públicos são muito importantes também para ajudar o crescimento econômico”, afirmou.

O deputado aproveitou a oportunidade para fazer fortes críticas à política econômica do governo Bolsonaro, de enxugamento de gastos públicos.

“A gente não consegue organizar um país apenas fazendo as reformas, cortando, cortando, cortando” e completou dizendo que “o setor privado sozinho não vai resolver os problemas”.

“Então acho que a grande mensagem do PIB que saiu hoje é exatamente que a participação do Estado também será sempre importante para que o Brasil possa crescer e se desenvolver”, concluiu.

O três textos regulamentam o Orçamento impositivo, instrumento criado em 2015 para obrigar o Executivo a pagar emendas de parlamentares -e que virou alvo de disputa neste ano, após a tentativa de congressistas de gerir mais verbas.

De acordo com cálculos de técnicos do Congresso, a proposta de Bolsonaro mantém nas mãos dos parlamentares os R$ 15 bilhões realocados do Orçamento e devolve ao Planalto a execução do restante, outros cerca de R$ 15 bilhões.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com