MPCO

TCE instaura auditoria em São Lourenço da Mata após indícios de irregularidades

O requerimento decorreu de apuração de denúncia encaminhada ao MPCO, apontando supostas irregularidades no contrato realizado entre a prefeitura e a empresa João da Luz Tavares Eireli, no valor de R$ 331.428,24, para fornecimento dos alimentos.

TCE instaura auditoria em São Lourenço da Mata após indícios de irregularidades

Publicado em 3 de março de 2020 - 15:13

Por

Foto: Beto Dantas / Portal de Prefeitura

Com base em um requerimento da procuradora geral do Ministério Público de Contas, Germana Laureano, o Tribunal de Contas instaurou uma Auditoria Especial (TC nº 20100029-5) na Prefeitura de São Lourenço da Mata para analisar a regularidade da Dispensa de Licitação nº 02/ 2018 e do Pregão Presencial nº 05/2019, que tiveram como objetivo a compra de gêneros alimentícios para as escolas do município. A relatora do processo é a conselheira Teresa Duere.

O requerimento decorreu de apuração de denúncia encaminhada ao MPCO, apontando supostas irregularidades no contrato realizado entre a prefeitura e a empresa João da Luz Tavares Eireli, no valor de R$ 331.428,24, para fornecimento dos alimentos. De acordo com a denúncia há indícios de inexistência efetiva da empresa em questão, que serviria apenas para fornecer notas fiscais à outra empresa, Potencial Distribuidora de Alimentos e Serviços Ltda. 

Em seu requerimento, a procuradora aponta que as empresas supramencionadas, além de vencedoras do Pregão Presencial deflagrado em 2019, foram contratadas diretamente para prestar serviços análogos no ano anterior, através da Dispensa de Licitação nº 002/2018, no montante de R$ 240.414,29. 

“Em razão, ainda, de as contratações envolverem indícios de favorecimento à empresa Potencial Distribuidora de Alimentos e Serviços Ltda, bem como à João da Luz Tavares Eireli, e devido à relevância dos valores despendidos pelo município resultante das referidas avenças, reputo pertinente o exame percuciente da matéria em sede de Auditoria Especial, uma vez que a execução dos contratos atinentes perpassa um exercício financeiro”, afirmou Germana Laureano.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com