Bloqueio

Protesto de terceirizados bloqueia Av. Agamenon Magalhães no Recife e deve durar 24h

Este já é o quarto dia de greve e a categoria tenta negociar com o Governo do Estado há seis meses.

Protesto de terceirizados bloqueia Av. Agamenon Magalhães no Recife e deve durar 24h

Foto: Divulgação

Publicado em 12 de fevereiro de 2020 - 11:10

Por

Foto: Divulgação

A manhã desta quarta-feira (12) começou com muito caos após bloqueio no trânsito, em frente ao Hospital da Restauração, na Avenida Agamenon Magalhães, por causa de um protesto dos profissionais de saúde terceirizados que pedem o pagamento e o ajuste salarial da categoria.

De acordo com O Presidente do Sindicato dos Auxiliares Técnicos de Enfermagem de Pernambuco (Satenpe), Francis Hebert, informou que o bloqueio da via será de 24h.

“Nós queremos não só o ajuste salarial, que não acompanha o piso da profissão, mas também a garantia de salubridade, já que trabalhamos com agentes patológicos, o adicional noturno e a reposição de dez anos de perdas fracionárias. Precisamos de respeito e dignidade”, explicou. Ainda de acordo com Francis, a manifestação só será finalizada após um pronunciamento do governo.

De acordo com a técnica de enfermagem Edilene Cavalcanti, que trabalha há 4 anos no Hospital Otávio de Freitas, ela tem o salário mensal de R$ 774,00, abaixo do minimo.

A Autarquia de Transporte e Trânsito Urbano está no local, e realiza o desvio do tráfego bloqueado na Agamenon Magalhães para a rua Joaquim Nabuco.

O bloqueio tem início na ponte Raimundo de Farias e se estende até o Hospital da Restauração. O acesso está sendo desviado por agentes de trânsito para a faixa local da avenida.

Veja essas e mais notícias em:

Posts Relacionados




WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com