Homenagem

‘Clube de Alegoria e Crítica Homem da Meia-Noite’ é homenageado na Alepe pelos 88 anos de existência

Reunião Solene em homenagem ao bloco carnavalesco foi de iniciativa do primeiro-secretário da Casa, deputado Clodoaldo Magalhães (PSB).

‘Clube de Alegoria e Crítica Homem da Meia-Noite’ é homenageado na Alepe pelos 88 anos de existência

Foto: Divulgação/Alepe

Publicado em 12 de fevereiro de 2020 - 22:03

Por

Foto: Divulgação/Alepe

Um dos Patrimônios Vivos de Pernambuco, o Clube de Alegoria e Crítica Homem da Meia-Noite chega aos 88 anos de existência. Nesta quarta (12), a Assembleia Legislativa promoveu uma Reunião Solene em homenagem ao bloco carnavalesco, por iniciativa do primeiro-secretário da Casa, deputado Clodoaldo Magalhães (PSB). O personagem surgiu em 1932, e a agremiação é uma das mais antigas a circular pelas ladeiras do Sítio Histórico de Olinda, Região Metropolitana do Recife.

Abrindo oficialmente a folia em Olinda, o desfile do Homem da Meia-Noite começa à zero hora do Sábado de Zé Pereira, com percurso de 3,5 quilômetros pelo Sítio Histórico. Com seu característico traje em verde e branco, o boneco gigante tem quatro metros de altura e pesa 50 quilos. Os carnavalescos Luciano Anacleto de Queiroz, Sebastião Bernardino da Silva, Benedito Bernardino da Silva, Eliodoro Pereira da Silva, Cosme José dos Santos e Manoel Joaquim dos Santos foram os responsáveis pela criação da alegoria.

No Carnaval 2020, a agremiação vai prestar uma homenagem à água. Com o tema “Chover”, o evento abordará, de maneira lúdica e criativa, a preservação desse recurso natural. Essa manifestação singular não se limita apenas a Olinda, pois o clube já participou de carnavais no Rio de Janeiro, São Paulo e cidades do Interior pernambucano.

Foto: Divulgação/Alepe

Na abertura da solenidade, o presidente da Assembleia, deputado Eriberto Medeiros (PP), destacou que o bloco recebeu, por muito mérito, o Título de Patrimônio Vivo do Estado. “Que o Homem da Meia-Noite siga abrilhantando o nosso Carnaval”, frisou. O parlamentar passou o comando da cerimônia para a deputada Teresa Leitão (PT).

Para o primeiro-secretário da Alepe, o Homem da Meia-Noite é uma das maiores representações da cultura popular do Estado e uma das maiores expressões do povo pernambucano, trazendo consigo muita história. “Ele não é só gigante no tamanho, mas, principalmente, em carinho e afeto por parte dos foliões”, observou Clodoaldo Magalhães.

O presidente do bloco, Luiz Adolpho, recebeu da Casa de Joaquim Nabuco uma placa comemorativa. Em discurso, ele agradeceu a iniciativa do Legislativo pernambucano. “A homenagem é uma forma de reverenciar aqueles que fundaram a agremiação e um reconhecimento à cultura popular.”

Além da presença do boneco gigante, de músicos e passistas do clube, a Reunião Solene contou com a participação do Coral Vozes de Pernambuco, formado por servidores da Assembleia Legislativa, que apresentou canções do repertório carnavalesco.

Da redação do Portal com informações da Alepe

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com