Defesa

Eriberto Rafael rebate Renato Antunes sobre críticas a infraestrutura das escolas do Recife

O líder do governo Geraldo Júlio na Câmara diz que a gestão tem trabalhado com foco na infraestrutura das unidades.

Eriberto Rafael rebate Renato Antunes sobre críticas a infraestrutura das escolas do Recife

Foto: Montagem Portal de Prefeitura

Publicado em 11 de fevereiro de 2020 - 13:22

Por

Foto: Montagem Portal de Prefeitura

Cumprindo seu papel de defender a gestão Geraldo Julio (PSB) na Câmara Municipal do Recife, o líder do governo,  vereador Eriberto Rafael (PTC), rebateu críticas do vereador  Renato Antunes, que realizou uma especie de ‘blitz’ em escolas municipais do Recife. 

“Nos últimos sete anos e dois meses, a Prefeitura do Recife – por meio da Secretaria de Educação – vem colocando em prática o Programa Escola do Futuro, que tem como foco uma mudança radical no padrão de infraestrutura e adoção de programas e recursos voltados para um melhor desempenho pedagógico. Já foram entregues à população 21 novas unidades educacionais e requalificadas outras 17, todos no padrão Escola do Futuro. Apenas neste ano, o Recife recebeu a Creche-Escola Miguel Arraes e a Creche-Escola Alto do Mandu, totalizando 376 novas vagas na rede. A Creche Porto Digital será inaugurada nesta semana, abrindo mais 84 novas vagas”, justificou o parlamentar.

De acordo com Renato Antunes, a Prefeitura do Recife é irresponsável quando entrega prédios sem condições para receber os alunos, demonstrando falta de planejamento. ” É uma vergonha, falta de respeito com o povo. Estive na Escola Municipal Vaz de Camões, no bairro do IPSEP. Uma escola que deveria ter sido entregue no final de janeiro, mas que sabíamos que não iria acontecer. Estive em dezembro no local e só dois trabalhadores estavam na obra. Atrasaram e entregaram o equipamento com falhas e perigos para as crianças”, disparou Renato.

Durante a operação nas escolas, Renato ainda criticou a recente compra de um prédio pela Prefeitura, por R$38 milhões. 

“Enquanto a gestão do PSB defende uma compra avaliada em quase 40 milhões,as unidades de ensino estão com falhas, alunos sem ar-condicionado. Escola nova entregue, com problemas de escolas velhas. É vergonhoso”, ponderou Antunes. 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com