Apoio

Joice Hasselmann diz que “apoiaria o Bolsonaro de novo” e que afirmações que fez “não eram 100% verdadeiras”

A ex-líder do Governo ainda disse se arrepender “um pouco” e que “não teria feito” algumas afirmações.

Joice Hasselmann diz que “apoiaria o Bolsonaro de novo” e que afirmações que fez “não eram 100% verdadeiras”

Foto: Marcos Corrêa/PR

Publicado em 7 de fevereiro de 2020 - 16:09

Por

Foto: Marcos Corrêa/PR

A deputada federal, Joice Hasselmann (PSL-SP), afirmou em entrevista nesta sexta-feira (7) ao programa Pânico, da Rádio Jovem Pan, que apoiaria novamente o presidente Jair Bolsonaro e que se arrependeu “um pouco” de algumas afirmações que fez e segundo ela “não eram 100% verdadeiras”.

“Eu apoiaria o Bolsonaro de novo. Talvez algumas afirmações que eu fiz, que não eram 100% verdadeiras, eu não teria feito e hoje me arrependo um pouco. Mas eu apoiaria ele de novo porque tínhamos dois cenários: Haddad ou Bolsonaro. E, pelo amor de Deus, eu jamais trabalharia pelo PT. O PT é meu inimigo claro, é o PT que eu vou combater”, afirmou a ex-líder do Governo.

A parlamentar também ressaltou que os desentendimentos com a família Bolsonaro não influenciaram em sua atuação na Câmara: “Não preciso recompor. Continuo votando 100% com as pautas do governo, 100% contra a corrupção”.

Joice ainda falou sobre a militância pró-Bolsonaro tem uma “adoração cega”.

“Essa adoração cega, por qualquer pessoa que seja, é muito ruim. Você tem que ter os olhos críticos para olhar quem você gosta e falar que está errado e chamar atenção. Se quer insistir no erro, tudo bem. Mas eu tenho que dizer que está errado e que não foi isso que prometemos ao povo brasileiro”, disse.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com