Depoimento

Antônio Campos testemunha contra o PSB em processo sigiloso no Ministério Público Federal

Em nota, o irmão do ex-governador Eduardo Campos alertou que "o PSB e forças a ele ligadas estão com plano de ataque" para desqualificá-lo.

Antônio Campos, Antônio Campos testemunha contra o PSB em processo sigiloso no Ministério Público Federal
Foto: Divulgação

O presidente da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), Antônio Campos, informou que compareceu na manhã desta sexta-feira (7) ao Ministério Público Federal-Procuradoria da República, em Pernambuco, convocado na condição de testemunha.

O irmão do ex-governador Eduardo Campos, também afirmou que está “compromissado em dizer a verdade em procedimento sigiloso”. Processo esse que o fez alertar que o “PSB e forças ligadas estão com plano de ataque para tentar me desqualificar”. Antônio também disse que está “pronto” para se defender. E completou dizendo que “quem viver verá”.

Veja a nota completa:

“Compareci hoje ao Ministério Público Federal-Procuradoria da República, em Pernambuco, convocado na condição de testemunha, compromissado em dizer a verdade em procedimento sigiloso. Prestei todos os esclarecimentos que me foram solicitados, no sentido de prestar relevantes serviços a sociedade pernambucana.
Alerto que o PSB e forças a ele ligadas estão com plano de ataque para tentar me desqualificar. Estou pronto para me defender. Quem viver verá!”

Antônio Campos já havia afirmado em entrevista à Época que o caso de corrupção na Paraíba é pequeno diante do que pode ocorrer em Pernambuco.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal