Atrasado

Há dez anos, MPPE pediu “proibição, extinção e punição” de torcidas organizadas ao TJPE, diz promotor

Segundo o promotor Ricardo Coelho, o processo aguarda sentença do Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco (TJPE) “há dez anos”.

Há dez anos, MPPE pediu “proibição, extinção e punição” de torcidas organizadas ao TJPE, diz promotor

Foto: Reprodução/ WhatsApp

Publicado em 4 de fevereiro de 2020 - 11:53

Por

Foto: Reprodução/ WhatsApp

O promotor Ricardo Coelho, do Ministério Público do Estado de Pernambuco (MPPE), revelou que uma ação do órgão já pediu a “proibição, extinção e punição” das torcidas organizadas dos três principais clube do Estado.

Segundo o promotor, o processo aguarda sentença do Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco (TJPE) “há dez anos”. “Demora gera impunidade”, critica o membro do MPPE, em uma rede social.

Foto: Reprodução

A manifestação foi motivada pelo ataque de uma torcida organizada do Sport a torcedores do Santa Cruz, durante a festa de comemoração dos 106 anos do clube tricolor no Largo da Santa Cruz, na Boa Vista, provocaram tumulto no local, inclusive, com relatos de tiros.

Em nota enviada na manhã desta quarta-feira (4), a Polícia Militar esclareceu que foi “surpreendida” pelo tumulto e que dispersaram os agressores e patrulharam a vizinhança logo após a confusão. A corporação ainda disse que “dois dos agressores ficaram machucados e
acabaram dedos, mas foram liberados porque ninguém quis representar contra eles”.

Vários vídeos já estão circulando nas redes sociais do momento que começou todo tumulto. Pedras, pedaços de pau e todo tipo de objetos foram arremessados. Se tornando numa praça de guerra.

Veja os vídeos:

 

Veja essas e mais notícias em:

Posts Relacionados




WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com