Resumão

Luiz Fernandes faz um resumo do que aconteceu na política pernambucana durante a semana

Tivemos mais uma semana repleta de reviravoltas na política pernambucana, e para você não perder nenhum detalhe, acompanhe todo sábado um resumo com os principais acontecimentos da semana.

Luiz Fernandes faz um resumo do que aconteceu na política pernambucana durante a semana

Foto: Beto Dantas/ Portal de Prefeitura

Publicado em 25 de janeiro de 2020 - 10:55

Por

Foto: Beto Dantas/ Portal de Prefeitura.

Bastou um denunciar a ‘Industria da Multa’ no Recife, que os demais opositores ao PSB pegaram o famoso ‘bigu’ da pauta. Logo o tema ganhou repercussão nas redes sociais e nos veículos locais. Não era pra menos, em quatro anos o valor de arrecadação da CTTU saiu de RS 25 milhões para quase R$ 100 milhões. Um prato em cheio para quem defende a pauta desde de 2012, como é o caso do deputado Marco Aurélio (PRTB), quando ainda era vereador do Recife.

O parlamentar destacou que em 2018 dos quase 70 milhões arrecadados, 28% serviram para o aumento de câmeras, pardais, policiais, enquanto apenas 0,48%, um total de R$ 238 mil, foram investidos em educação para o trânsito.

A Prefeitura ‘não quis’ entrar no embate, então quem respondeu foi o vereador Rinaldo Júnior (PSB), que saiu recentemente da oposição e foi para a base do prefeito Geraldo Julio (PSB). Por meio de nota, o vereador respondeu o deputado Marco Aurélio dizendo: “Não existe indústria da multa no Recife”.

Todos citam Domingos– Ontem (24) até o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (MDB), citou o nome da delegada Patrícia Domingos, ainda sem partido, durante entrevista no Resenha Política da TV JC. O gestor defendia a candidatura do deputado federal Raul Henry (MDB) pela Prefeitura do Recife, mas frisou que, embora Raul Henry seja o nome principal, a legenda também tem outros nomes “que nem no ramo da política estão” ,  falou o nome da delegada, “mas não no MDB”.

Convergência- Foi bem lembrado pelo colunista Igor Maciel, no Pinga-Fogo, que o discurso adotado pela deputada federal Marília Arraes (PT), é semelhante ao da oposição. A parlamentar criticou o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), de sempre jogar a culpa no governo federal, “agora, tudo a culpa é de Bolsonaro”. disse. A deputada também parafraseou o líder da oposição na Alepe, o deputado Marco Aurélio Medeiros, pré-candidato ao Recife pelo PRTB, ao criticar o ‘Mais Vida nos Morros’, alegando que fica bonito a pintura, mas as vítimas dos deslizamento continuam existindo.

Em guerra- Antônio Campos, o irmão do ex-governador Eduardo Campos, em entrevista  à Época, alegou que o caso de corrupção na Paraíba é pequeno diante do que pode ocorrer em Pernambuco. Desde o ano passado, o patrimônio deixado por Eduardo Campos está bloqueado em ação de improbidade administrativa da Lava Jato. Antônio também afirmou que havia “preponderância excessiva da Odebrecht em Pernambuco”.

O bolsa-família de Paulo- Mais uma vez o governador Paulo Câmara (PSB) fez alterações no programa do 13º do bolsa-família estadual, apertando os requisitos do programa para a população de Pernambuco receber o benefício. De acordo com o novo decreto, passa a ser exigida a “regularidade do beneficiário” no programa Bolsa-Família do Governo Federal, já que recentemente vários beneficiários foram cortados do programa. Vale lembrar que o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), aliado de Paulo Câmara, criticou o “pente-fino” no programa que levou a exclusão de beneficiários irregulares.

Cadê Túlio Gadêlha?- O deputado federal Túlio Gadênha anda afastado da mídia, pouco se fala do parlamentar, embora seja citado em matérias sobre a disputa pelo Recife. Essa semana fez um sinal de fumaça, alertou que pessoas estão se passando por seus assessores para aplicar golpes e coletar dados e fez críticas ao Enem.

Seleção para vereador– O Partido Novo em Pernambuco irá realizar um processo seletivo para definição de seus candidatos a vereador do Recife para as eleições municipais de 2020. É necessário pagar uma taxa de R$ 350,00 reais  para participar do processo seletivo e realizar a  inscrição no site do Novo.

Candidatura coletiva- A procuradora judicial do município do Recife e blogueira, Noélia Brito, junto ao presidente do Sinpol, Áureo Cisneiros, formarão uma candidatura coletiva para disputar uma vaga na Câmara Municipal do Recife nas eleições deste ano. Noélia conversou com o Portal de Prefeitura, para ela o mandato coletivo é um modelo que dialoga com diversos segmentos da sociedade. “Nós pretendemos formar uma chapa que seja muito representativa.

Tudo na paz- A delegada Patrícia Domingos (sem partido), disse ao Portal de Prefeitura que ainda não há nada confirmado sobre sua filiação ao Podemos para uma possível candidatura pela Prefeitura do Recife. Ainda na quinta-feira (23) conversei com a delegada, quando perguntei sobre as novidades, a resposta foi a seguinte: “Por enquanto tudo na paz, sem news”.

Nosso resumo volta no próximo sábado. Mande sua sugestão no meu e-mail: [email protected]

 

 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com