Nordeste bate recorde em geração de energia solar, informa ONS

No Nordeste, por exemplo, apenas 35% da potência instalada para consumo próprio está relacionada a residências.

Recorde

Publicado em 22 de janeiro de 2020 - 10:08

Por

Ver Perfil - Portal de Prefeitura

Foto: Ministério do Desenvolvimento Agrário

A região Nordeste registrou dois recordes de geração de energia a partir de usinas solares fotovoltaicas, informa o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). O resultado não inclui a geração para consumo próprio, alvo de polêmica no governo.

O pico de geração chegou a 1.232 megawatts, às 12h39 da última terça-feira (21) o equivalente a 10,4% do consumo da região naquele momento. Na média diária, essas usinas geraram 449 MW médios, ou 3,9% do consumo médio da região no dia.

O recorde de pico anterior era de 12 de novembro de 2019, com 1.210 megawatts. Já o recorde de geração média foi atingido no dia seguinte, com 447 Aneelmédios, segundo o ONS.

De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a região tem atualmente 54 usinas desse tipo já em operação, com potência somada de 1.513 megawatts, o número considera as registradas como produtores independentes de energia. Elas estão espalhadas por cidades da Bahia, Paraíba, Ceará, Rio Grande do Norte e Piauí.

Destas, dez começaram a gerar energia em 2019. Outras 23 estão em construção neste momento e 68 já foram outorgadas mas ainda não estão com obras iniciadas, ainda segundo as informações da agência reguladora.

Quando estiverem prontas, essas novas usinas agregarão outros 3.448 megawatts, mais do que triplicando a capacidade atual na região, em um indicativo de que os recordes de geração de energia solar serão frequentes nos próximos anos.

 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com