PSB desiste de lançar João Campos na disputa pela prefeitura do Recife

Resultados alarmantes em pesquisas feitas pela legenda e a idade do paramentar teriam influenciado na decisão.

Rifado

Publicado em 17 de janeiro de 2020 - 10:44

Por

Ver Perfil - Portal de Prefeitura

 

Foto: Divulgação

O deputado federal João Campos, do PSB, não deve ser mais o candidato da legenda na disputa pela prefeitura do Recife. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (17) pelo Blog da Noélia Brito,  em que afirma que resultados alarmantes em pesquisas qualitativas feitas pelo PSB e o agravamento da briga familiar envolvendo os Campos, os Arraes e os Andrade Lima, teriam influenciado na decisão.
Na noite de ontem foi convocada uma reunião onde se cogitou a substituição do deputado João Campos, dada como certa inclusive pelo diretório nacional à sucessão de Geraldo Julio. Quem assumiria o lugar de João Campos,  seria outro integrante do condomínio político-familiar socialista,  o deputado Tadeu Alencar, figuraria como o preferido de Renata Campos.
Tadeu Alencar é pai de Tomás Alencar, marido de Eduarda Campos, irmã de João Campos. Com a escolha de Tadeu, que chegou a ser cotado pelo próprio Eduardo Campos para sucedê-lo como governador, mas que acabou sendo rifado e substituído por Paulo Câmara, depois de uma guerra interna de dossiês patrocinada por Danilo Cabral e Milton Coelho, a sucessão no Recife permaneceria em família.
Ainda segundo Noélia, a idade do deputado também influencia na decisão, João tem apenas 25 anos, a cúpula do PSB, comandada por Renata Campos, mãe do deputado, tem avaliado que seria preferível poupá-lo de uma eventual derrota e lançar outro nome, deixando uma eventual candidatura do jovem parlamentar a um cargo majoritário para momento em que o desgaste das gestões socialistas não esteja tão forte.
Da redação do Portal de Prefeitura com informações do Blog da Noélia Brito. 
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com