Empresas propõem aumento na passagem de ônibus para R$ 3,90; Governo diz que aumento é “inaceitável”

A Urbana-PE disse, ainda, que, em 2019, houve aumento de 4,66%, 12,83% e 19,73% nos custos com pessoal, veículos e combustível, respectivamente.

Aumento

Publicado em 14 de janeiro de 2020 - 10:26

Por

Ver Perfil - Portal de Prefeitura

Foto: Thiago Augustto/ TV Globo

O Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Pernambuco (Urbana-PE) afirmou que encaminhou ao Grande Recife Consórcio de Transporte um estudo para “realinhamento tarifário”, considerando os custos e receitas previstos para 2020.

Na proposta um aumento de 14,13% nas passagens de ônibus, no Grande Recife. Se fosse aceito, o reajuste faria com que o anel A passasse de R$ 3,45 para R$ 3,90; o B, de R$ 4,70 para R$ 5,35 e o G, de R$ 2,25 para R$ 2,55.

As empresas justificaram que o aumento foi proposto porque o sistema de transporte público vem sofrendo redução de 5,42% no número de passageiros pagantes em relação à planilha de recomposição de 2019 e que, considerando os últimos 6 anos, a queda foi de 30%. A previsão de diminuição para 2020 é de 4%, segundo o sindicato.

O Governo do Estado informou que não aceita a proposta de reajuste e que ela “elevaria o Anel A – o mais utilizado pelos usuários do sistema – de R$ 3,45 para R$ 3,90, o que é inaceitável”.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com