Bolsonaro deve participar de evento no Recife para coleta de assinaturas do ‘Aliança’     

Cerca de 200 mil assinaturas já foram registradas em cartório para criação do Partido. 

Expectativa

Publicado em 13 de janeiro de 2020 - 09:07

Por

Ver Perfil - Portal de Prefeitura

Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) deve participar de evento no Recife que vai recolher assinaturas para criação do ‘Aliança pelo Brasil’. De acordo com informações divulgadas por um dos coordenadores do partido no estado, “Bolsonaro decidiu participar pessoalmente dos eventos, principalmente no Nordeste, pois ele sabe da importância desse momento”. 

No Recife, a ação será no dia 1º de fevereiro em local que será definido nesta segunda-feira (13). Gilson Machado Neto, presidente da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur), está articulando para conseguir trazer Bolsonaro ao Recife no dia da ação. 

De qualquer forma a informação é que Bolsonaro pretende gravar vídeos e fazer transmissões ao vivo para estimular os militantes durante os dias de coleta, já que para conseguir oficializar o partido são necessárias 492 mil assinaturas, no mínimo. Enquanto a sigla conta com cerca de 200 mil assinaturas registradas em cartório.

“Esperamos receber cerca de duas mil pessoas, que não podem estar filiadas a outros partidos. Todos devem trazer as fichas autenticadas em cartórios, mas haverá um cartório funcionando no local para quem não autenticou. Os inscritos também vão ganhar uma camisa do partido Aliança pelo Brasil Pernambuco”, explica o Coronel Meira.

Os eventos semelhantes começam no dia 18, com Brasília (DF) e João Pessoa (PB). No Nordeste, a programação segue em Natal (20), Salvador (25), Teresina (26) e São Luiz (31). Recife abre a agenda de fevereiro na região, seguido por Aracajú (2 de fevereiro). 

“Pernambuco é uma região estratégica para o Aliança, tanto que queremos disputar a Prefeitura do Recife”, argumenta o coordenador. “Nas condições que estamos analisando, conseguimos vislumbrar um segundo turno. Estamos preocupados mesmo em juntar a direita. Queremos um candidato forte para juntar esse espectro político. Depois disso, decidimos quem vai ser o candidato”. 

Meira confirma que uma coligação já está sendo montada, com partidos como Patriota, PSC, PR, DEM e mais outros três que ainda serão confirmados.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com