Defesa

Lula recorre a Bolsonaro para atacar Sergio Moro na ONU

Advogados do petista vão usar juiz de garantias, sancionado por Bolsonaro, contra Moro. 

Foto: Paulo Whitaker/Reuters

Segundo publicado pelo ‘Antagonista’, o ex-presidente Lula pretende usar o presidente Jair Bolsonaro para atacar Sergio Moro na ONU.

De acordo com a publicação, a defesa do ex-presidente comemora o pacote anticrime sancionada por Jair Bolsonaro,  em específico sobre o juiz de garantias. A matéria diz que para os advogados, essa mudança no sistema penal é discussão indissociável da suposta suspeição de Sergio Moro e fortalece a petição feita à ONU contra o ministro.

A  defesa do petista recorreu à ONU sob o argumento de que, por não haver uma figura como a do juiz de garantias no Brasil, Lula foi perseguido por Moro.

Em julho de 2016 o caso de Lula foi levado à ONU e em agosto de 2018, o Comitê de Direitos Humanos concedeu medidas cautelares e solicitou às autoridades brasileiras que mantivessem os direitos políticos do ex-presidente até ter seu caso avaliado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e pelo órgão em Genebra.

Veja Mais

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com