Eduardo Bolsonaro critica questão sobre sua família e caso Marielle

Nas alternativas, além de Eduardo, foram citados o senador Flávio Bolsonaro, o vereador Carlos Bolsonaro e Renan Bolsonaro.

Questão

Publicado em 6 de janeiro de 2020 - 11:01

Por

Ver Perfil - Portal de Prefeitura

Foto: Montagem/ Portal de Prefeitura

O deputado federal Eduardo Bolsonaro usou uma rede social neste domingo (5) para criticar uma questão de prova, aplicada em Sumidouro no interior do Rio de Janeiro.

A questão fez parte de um concurso para merendeiras na cidade e perguntou qual dos filhos do presidente Jair Bolsonaro teve que prestar depoimento à polícia pela morte da vereadora Marielle Franco.

“Inacreditável. Mas isso é esquerda purinha”, declarou o parlamentar se baseando em uma denúncia feita pelo deputado Daniel Silveira.

“Quando se coloca questões em provas de concursos, de forma subliminar, entende-se por verdade e orientação. O que tem a ver o índice de votação do prefeito do PT ou Flávio e Marielle? Canalhas”, disse.

Quem também se pronunciou foi a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves. No Instagram, ela demonstrou indignação com o caso.

“Eu tive que ler duas vezes para ter a certeza que não estava confusa! Prova para merendeira? Me poupem de comentar o que penso”, falou.

View this post on Instagram

Eu tive ler duas vezes para ter a certeza que não estava confusa! Prova para merendeira? Me poupem de comentar o que penso!

A post shared by Damares Alves (@damaresalvesoficial1) on

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com