Reviravolta

Justiça decide suspender punição aplicada pelo PSL a deputados alinhados a Bolsonaro

Os deputados Eduardo Bolsonaro e Bia Kicis estão entre os paramentares beneficiados com a decisão.

Justiça decide suspender punição aplicada pelo PSL a deputados alinhados a Bolsonaro

Foto: Arquivo pessoal

Publicado em 11 de dezembro de 2019 - 17:34

Por

Foto: Arquivo pessoal

Após o diretório nacional do PSL suspender 14 parlamentares alinhados com o presidente Jair Bolsonaro, o juiz da 4ª Vara Cível do Distrito Federal entendeu que o processo estava “cheio de irregularidades” e decidiu suspender a punição aplicada pela legenda, anunciou a deputada federal Bia Kicis. 

A parlamentar fez uma publicação em sua conta no Twitter para anunciar a decisão, confira: 

Bia Kicis comemorou a decisão, “estamos de volta!”, escreveu. 

Suspensão 

Eduardo Bolsonaro, Bibo Nunes, Alê Silva, e Daniel Silveira tinham recebido  as maiores punições: 12 meses de suspensão. As demais punições variam entre 3 e 10 meses de suspensão.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com