Título

IstoÉ: Maia é contemplado com o título de Brasileiro do Ano e elogia Parlamento

Ainda durante a cerimônia, Maia destacou a importância do poder Legislativo que segundo ele nem sempre é compreendido pela sociedade.

, IstoÉ: Maia é contemplado com o título de Brasileiro do Ano e elogia Parlamento
Maia Recebe Premio “Brasileiro do Ano”. Foto Reprodução Câmara dos Deputados.

O presidente da Câmara dos Deputados foi contemplado com o prêmio na noite da última segunda-feira (2). Durante a cerimônia, o deputado aproveitou para defender reformas como a previdenciária e a tributária, e o papel do Parlamento na construção de um Estado que beneficie a parcela mais pobre da população, “precisam ser feitas”. “Não podemos mais ter um Estado em que as somas dos impostos e transferências reduzam a nossa desigualdade em só 4%. Na Europa, impostos e transferências reduzem a desigualdade em 38%. Então esse Estado não é para todos os brasileiros”, disse Maia.

Eu não sou contra o Estado, eu sou contra esse Estado, que infelizmente nós participamos e nós criamos. Esse Estado que tem que ser modificado”. A afirmação foi feita durante o discurso de recebimento do título de “Brasileiro do Ano”, concedido pelas revistas Istoé e Istoé Dinheiro. Maia recebeu o título das mãos de Caco Alzugaray, presidente executivo da Editora Três, que edita as revistas. Ainda durante a cerimônia, Maia destacou a importância do poder Legislativo que segundo ele nem sempre é compreendido pela sociedade. “Quando Parlamento assume a sua responsabilidade, ele assume o que há de mais importante num país livre e democrático, que é o respeito e a recuperação da admiração da sociedade pelas instituições democráticas”, disse.

Reformas
Maia afirmou que o seu papel, como presidente da Câmara, é criar um ambiente para a aprovação de propostas importantes para o Brasil. “O presidente da Câmara não é o presidente que executa. É presidente que ouve, coordena e constrói maiorias”, afirmou Maia.
O presidente da Câmara disse ainda que o trabalho de construção das mudanças que o País precisa começou no governo de Michel Temer, com a aprovação da reforma trabalhista e da emenda constitucional que trata do teto de gastos públicos, e vai continuar agora no governo do presidente Jair Bolsonaro.

Câmara dos Deputados

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal