Confirmado: Vem Pra Rua realiza no próximo domingo (8), ato pacífico em Recife

A manifestação será na Avenida Boa Viagem, na altura da Padaria Boa Viagem, às 14h.

Publicado por: em 3 de dezembro de 2019 - 14:01

Ver Perfil

Manifestação

Movimento Vem Pra Rua // Foto: Beto Dantas

O ato foi confirmado no decorrer da semana por Marconi Ferraz, diretor regional do movimento Vem Pra Rua no Recife, e está programada para ocorrer na Avenida Boa Viagem, na altura da Padaria Boa Viagem, às 14h. O protesto será pela aprovação do projeto de lei do Senado que permite a prisão após a condenação em 2ª instância. “A aprovação do PLS não impede a tramitação da PEC, só dará mais celeridade ao processo”. Projeto de lei ou PEC No Senado, tramitava um projeto de lei buscava alterar o Código de Processo Penal, que seria mais simples por exigir apenas maioria simples de votos. Já a PEC exige dois terços de cada Casa Legislativa e muda a Constituição brasileira para estabelecer que o trânsito em julgado acontece após a condenação em 2ª instância.

Para o grupo, a manifestação será pacifica. A proposta do deputado Alex Manente (Cidadania-SP), e muda os artigos 102 e 105, acabando com os recursos extraordinário e especial ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). Segundo a PEC, o réu poderia apresentar uma nova ação às duas Cortes. A PEC foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e deverá passar por uma comissão especial antes de ir ao plenário. Segundo o acordo, um calendário será apresentado nesta terça-feira (3). A previsão é de que a tramitação seja concluída no início de 2020.

Em entrevista ao Portal de Prefeitura, o presidente do diretório regional do Vem Pra Rua, Marconi Ferraz disse, “o movimento vai manter a chama da pressão acesa, para isso adotamos o tema ‘Sem Férias’, mas é sem férias dos movimentos, isso porque férias eles (deputados, ministros, senadores), vão tirar de qualquer modo. Eles não estão preocupados, não pensam em termos de Brasil, e esquecem da segurança do cidadão de bem, se vão soltar traficantes, assassinos, estupradores. Eles não estão incomodados, querem livrar a própria pele”.

Segundos os organizadores regionais do movimento a intenção é pressionar o congresso, para que seja a provada a PL, para que em seguida seja votada e aprovada uma PEC.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com