Pernambuco tem 11% da população vivendo com menos de R$ 145 reais por mês

Cerca de 75,5% das pessoas que vivem na extrema pobreza em Pernambuco são negras.

Publicado por: em 2 de dezembro de 2019 - 11:09

Ver Perfil

Miséria

Foto: Adriano Vizoni

De acordo com a última pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) Pernambuco possui aproximadamente 9.557.071 habitantes e cerca de um milhão de pessoas sobrevivem com menos de R$ 145 por mês. Algo em torno de 11% dos pernambucanos, de acordo com pesquisa realizada pelo Jornal do Commercio de Comunicação.

Em todo o país,  13,5 milhões de pessoas viviam em 2018 com até R$ 145 por mês, sendo assim, 6,5% da população. Em 2014, o percentual era de 4,5%, sendo um aumento de 50% no número de miseráveis.

A taxa cresceu em Pernambuco desde quando foi  iniciada em 2012. E atinge prioritariamente pretos e pardos, pois dos 11% dos pernambucanos que vivem na extrema pobreza mais de 75% dessas pessoas em condição de miserabilidade no Estado são negras.

Como considera a condição de extrema pobreza?

Pelos critérios do Banco Mundial, são considerados extremamente pobres aqueles que vivem com até US$ 1,90 por dia, o equivalente a R$ 145 por mês (por pessoa) 1 milhão de pernambucanos vivem em condição de pobreza extrema no Estado.

O cenário em Pernambuco nos últimos anos:

2012 – 11,1% da população
2013 – 9,5% da população
2014 – 8,2% da população
2015 – 10% da população
2016 – 11,4% da população
2017 – 12,1% da população
2018 – 11,1% da população

Em Pernambuco

38% têm restrição à educação*
34,8% têm restrição às condições de moradia**
69,3% têm restrição ao saneamento básico****
52,3% tem restrição à Internet*****

Fonte: Jornal do Commercio

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com