Embate

João Campos: “O PT vai ter que tomar uma decisão” e arcar com “consequências”

O pré-candidato à Prefeitura do Recife em 2020, voltou a comentar sobre a possibilidade de lançamento de Marília Arraes pelo PT em 2020

João Campos, João Campos: “O PT vai ter que tomar uma decisão” e arcar com “consequências”
Foto: Montagem/ Portal de Prefeitura

O deputado federal João Campos (PSB), voltou a comentar sobre a possibilidade do PT lançar a candidatura de sua prima, a deputada federal Marília Arraes (PT) nas próximas eleições municipais em 2020, no Recife.

Questionado sobre o apoio da presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann a uma candidatura própria da legenda em 2020, João disse que prefere não interferir nesta decisão, mas deixou uma reflexão sobre o assunto para o partido aliado.

“Sou dirigente do PSB e me sinto confortavel de falar sobre qualquer coisa do meu partido, mas não cabe a mim estar questionando decisão de qualquer partido que seja, aliado ou não. Acredito que as forças progressistas têm que ter maturidade para saber o caminho a seguir e entendendo que o adversário que temos no Brasil é o Bolsonaro. Tem que ter esse entendimento, mas o partido que tome essa decisão. O PT vai ter que tomar uma decisão e a decisão que ele tomar, que ele arque com as consequências”, disse.

Bastidores

Em sua visita ao Recife, o ex-presidente Lula foi convidado pela deputada federal Marília Arraes ao participar de um jantar reservado na residência da parlamentar, em Apipucos, Zona Norte do Recife.

O petista já informou que deseja candidaturas próprias do PT nas principais capitais do Brasil e o Recife é uma delas. A deputada Marília Arraes (PT-PE) teve sua candidatura impugnada nas últimas eleições em 2018, quando iria se candidatar ao governo do Estado, mas após uma aliança do PT com o PSB teve sua candidatura barrada.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal