Paulista

Paulista promove fórum de saúde mental para usuários e servidores da rede municipal

Na ocasião, os usuários do CAPS-AD, vão ter a oportunidade de conversar com profissionais de Saúde do Município.

, Paulista promove fórum de saúde mental para usuários e servidores da rede municipal
Foto: Cedida/ASCOM prefeitura do paulista

A ideia para a realização do evento partiu do Centro de Apoio Psicossocial Maria Eliane Aguiar (CAPS-AD), localizado na PE-22 em Maranguape I, que junto a Secretaria de Saúde iniciam hoje (21), o fórum de Saúde Mental e qualidade de vida da Cidade do Paulista. Durante o evento serão apresentadas propostas para um melhor serviço de acolhimento de pessoas que possuam algum transtorno mental em decorrência do álcool ou das drogas.

Entre os profissionais da Saúde presentes no fórum, psicólogos, enfermeiras, técnicas em Enfermagem e assistentes Sociais, a terapeuta Ocupacional do CAPS-AD. “Os usuários do CAPS-AD sugeriram em ter servidores do Paulista participando deste encontro, para podermos também dar execução. Hoje é o primeiro encontro oficial como fórum e a ideia não é uma perspectiva de queixas dos usuários para os servidores das redes da Prefeitura, e sim, potencializar este trabalho para que nossos usuários sejam bem assistidos”, afirmou Priscila Viegas.

“Há cinco meses cheguei aqui no CAPS por causa do vício no álcool, por que, quando eu bebia, ficava agressiva e tentava suicídio. No ano passado bebi muito e tentei me jogar em frente a um caminhão e algumas pessoas impediram e me levaram a buscar apoio médico, até que fui liberada. Tive uma depressão profunda e já neste ano, ingeri três cartelas de remédio controlado, fiquei internada e consegui sobreviver, até que uma médica me disse pra buscar ajuda aqui no CAPS e foi uma das melhores coisas que fiz. Mal conseguia falar aqui com meus colegas, apenas chorava, mas, graças a Deus, ao meu esposo e ao acolhimento do CAPS, hoje estou tendo o prazer de viver e me sinto outra pessoa, escrevo peças de teatros, histórias e até livros, pois aqui eu também me sinto útil”, relatou Marcileide dos Santos, dona do Lar e usuária do CAPS-AD.

Para finalizar, Priscilla Viegas, explicou a importância desse fórum discursivo entre os usuários e os servidores para especializar o serviço de acolhimento em todo o município.

Da redação do Portal com informações da Prefeitura do Paulista

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal