Com viés de direita, Instituto Dom Pedro II é inaugurado no Recife

O evento contou com a presença de deputados federais, do presidente da Embratur e do cineasta responsável pelo documentário “O Jardim das Aflições”

Publicado por: em 16 de novembro de 2019 - 16:51

Ver Perfil

Evento

Foto: Beto Dantas/Portal de Prefeitura

Foi realizado nesta sexta-feira 15 de novembro, feriado da Proclamação da República, a inauguração do Instituto Dom Pedro II, na Associação Comercial de Pernambuco, no bairro do Recife Antigo. O evento contou com a participação dos deputados federais Carla Zambelli (PSL/SP) e Luiz Philippe de Orléans e Bragança (PSL/SP), do presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Gilson Machado Neto e do cineasta Josias Teófilo.

O evento teve lotação máxima. O  Instituto é presidido pelo Coronel Meira e tem a produção e disseminação do conhecimento dentro dos temas do liberalismo econômico e dos ideais, valores e princípios conservadores e sociais que visam a igualdade de oportunidades e o fomento à cultura, educação, tecnologia, turismo, desenvolvimento e progresso no Brasil como foco.

O presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, palestrou sobre ‘Projetos para o Brasil, em especial para o Nordeste’, Carla Zambelli ficou com o tema “Conservadorismo & Liberalismo Econômico”, Luiz Philippe de Orléans e Bragança tratou do “Por que o Brasil é um País atrasado? O que fazer para entrarmos de vez no século XXI”, já o cineasta Josias Teófilo falou do tema ‘guerra cultural’, destacando o documentário sobre o filósofo Olavo de Carvalho.

 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com