Revelação

Acusado de matar Marielle diz que foi “assessor do PT” 

Élcio de Queiroz afirmou ter trabalhado com a legenda em Nova Iguaçu.

, Acusado de matar Marielle diz que foi “assessor do PT” 
Foto: Reprodução

O ex-PM Élcio de Queiroz, apontado como comparsa de Ronie Lessa no assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, disse que já trabalhou como assessor do PT. A revelação foi feita em depoimento ao Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ), quando ele voltou a negar participação no crime.

Élcio disse que já foi funcionário da Prefeitura de Nova Iguaçu, quando o prefeito era Lindbergh Farias. “Fui assessor do PT em Nova Iguaçu, quando o prefeito era Lindbergh”, declarou.

O ex policial militar também esclareceu que não tem nenhuma divergência com a esquerda: “Não tenho antipatia nenhuma por governo de esquerda. Pelo contrário, [foi o] melhor patrão que eu já tive. Pagava muito bem seus funcionários. Não tenho nada a falar da esquerda.”

Élcio de Queiroz esclareceu o motivo de ter realizado pesquisas na internet sobre o ex-deputado Jean Wyllys e o deputado federal Marcelo Freixo, padrinho político da vereadora. “Eu concordo com muitas coisas que ele [Freixo] fala, inclusive do PSOL também. Vou dizer uma coisa, por exemplo: a reforma da Previdência. Eu sou contra a reforma, como o PSOL também é.”

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal