Deputada denuncia assédio de colega dentro da Câmara

A parlamentar destacou que “O Brasil é um país ainda machista e patriarcal”

Publicado por: em 4 de novembro de 2019 - 16:56

Ver Perfil

Crime

Foto: Marciana Alves

A deputada federal Flávia Arruda (PL-DF), disse em entrevista ao Correio Braziliense que foi assediada por um colega de partido dentro da Câmara. A parlamentar relatou que o assédio ocorreu durante uma reunião interna da legenda e falou em colocar ‘os agressores com a cara estampada’. Flávia é mulher do ex-governador do Distrito Federal, preso no exercício do mandato, José Roberto Arruda.

“Em uma reunião de partido que tivemos, estávamos debatendo as recentes reformas que temos acompanhado e, em dado momento, um deputado de outro estado se aproximou e falou: ‘Nossa, que moça bonita’. Imediatamente, o deputado ao meu lado o corrigiu, e disse a ele que eu era uma deputada e que estava ali fazendo meu trabalho. Ou seja, são as colocações e comentários em um contexto que não cabem. Eu vi que nem o deputado que fez o comentário percebeu que estava fazendo uma colocação descabida, porque é cultural”, relatou a deputada.

Flávia, preside a Comissão Permanente Mista de Combate a Violência Contra a Mulher, defendeu que é preciso “colocar os agressores com a cara estampada mesmo”. A deputada ainda falou em “Tirar dessa cultura machista todos os conceitos e todos os pré-conceitos que foram concebidos desde o início dos tempos” e ressaltou que  “O Brasil é um país ainda machista e patriarcal”.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com