Vereador critica aumento de IPTU no Recife: “Vão retirar mais R$15 milhões do povo recifense”

Renato Antunes questiona quais são os benefícios que o aumento oferece a população recifense.

Publicado por: em 31 de outubro de 2019 - 14:12

Ver Perfil

Imposto

Foto: Reprodução

A Câmara Municipal do Recife aprovou o Projeto de Lei Executivo 31/2019, que institui o programa de regularização do Imposto Predial e Territorial Urbano, aumentando o IPTU relativo aos anos de 2015/2016. O projeto enviado por Geraldo Júlio ao legislativo, foi duramente questionado pela oposição municipal. Na visão do vereador Renato Antunes, a gestão demonstra uma extrema falta de noção com o momento enfrentado pela população.

“É altamente fora de contexto, aumentar os impostos para o povo. Antes de pensar em medidas como essas, a gestão deveria oferecer serviços de qualidade. O IPTU vai aumentar, mas quantas ruas recifenses ainda não possuem pavimentação? São questionamentos que deveriam ser levados em contar na hora de propor este absurdo”, disparou Renato.

A expectativa é que aproximadamente R$15 milhões sejam arrecadados para os cofres públicos. De acordo com o oposicionista Renato Antunes (PSC), a gestão no Recife inverte as prioridades e não entrega serviços de qualidade.

” A gestão utilizou de equipamentos para fazer um levantamento aéreo, para aumentar os impostos da população. Me pergunto, por que não utilizam dos seus drones, para ver que diversas ruas que constam como pavimentadas, mas nem possuem saneamento? Eles são rápidos para cobrar o contribuinte, mas muito lento para solucionar os problemas da cidade. A prioridade é o povo, ou imposto?”, pontuou Renato.

O projeto seguira para redação final, e será publicada no Diário Oficial do Município. Além de Renato Antunes, os vereadores Rodrigo Coutinho. (SD) e Fred Ferreira (PSC) também foram contrário ao projeto do executivo.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com