Sobrou pra Moro

Humberto Costa acusa Moro de tentar intimidar porteiro do condomínio de Bolsonaro

O senador anunciou que será feita uma solicitação para que o ministro preste esclarecimentos no Senado.

, Humberto Costa acusa Moro de tentar intimidar porteiro do condomínio de Bolsonaro
Foto: Reprodução

O líder do Partido dos Trabalhadores (PT) no Senado Federal, o senador Humberto Costa declarou que junto com o líder da minoria na casa, iram solicitar a Comissão de Controle e Fiscalização do Senado a convocação do Ministro da Justiça e Segurança Púbica, o ex-Juiz Sergio Moro, para que possa explicar o motivo de seu pedido ao procurador-geral da República, Augusto Aras, para que abrisse um inquérito para apurar a citação do nome do presidente Jair Bolsonaro nas investigações sobre a morte de Marielle Franco, vereadora do Rio de Janeiro assassinada em 14 de março do ano passado.

“Queremos a cima de tudo a investigação, agora todos nós temos o entendimento de que houve um erro, um equivoco cometido  pelo ministro da justiça e que isso tudo precisa ser equacionado e apuado”, disse Humberto.

Confira:

O senador acredita que houve uma tentativa de Moro de tentar intimidar o porteiro, que segundo o Jornal Nacional, em depoimento, informou que um dos suspeitos do assassinato, o ex-policial militar Élcio Queiroz, esteve, horas antes do crime, na casa do sargento aposentado da Polícia Militar Ronnie Lessa, suspeito de ser o executor da ação, que mora no local.

Élcio Queiroz teria anunciado que iria não à casa de Lessa, mas à de número 58 do Vivendas da Barra, que é a residência de Jair Bolsonaro no Rio de Janeiro.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal