Seguro-defeso

Governo vai antecipar pagamento do seguro-defeso a pescadores afetados por óleo no litoral, diz FBC

Anúncio foi feito pela ministra da Agricultura durante reunião articulada pelo líder Fernando Bezerra Coelho com senadores da bancada do Nordeste.

Governo vai antecipar pagamento do seguro-defeso a pescadores afetados por óleo no litoral, diz FBC

A comissão mista que analisa a Medida Provisória 870/19 realiza reunião para votação do relatório do senador Fernando Bezerra Coelho sobre o assunto.

Publicidade

Publicado em 16 de outubro de 2019 - 14:39

Por

 

Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Ministério da Agricultura vai antecipar para 30 de outubro o pagamento do seguro-defeso para os pescadores das colônias afetadas pelas manchas de óleo que atingem o litoral do Nordeste. O anúncio foi feito pela ministra Tereza Cristina em reunião articulada pelo líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), com senadores da bancada do Nordeste. 
 
“A ministra Tereza Cristina, muito sensível, decidiu antecipar o pagamento do seguro-defeso, que normalmente ocorre a partir de 30 de novembro. Agora, vai ser possível antecipar o pagamento para 30 de outubro para as colônias afetadas pelas manchas de óleo. Esta é mais uma demonstração da sensibilidade do governo federal em relação às questões do Nordeste”, disse o senador.
 
Segundo ele, os estados deverão informar as colônias que tiveram a pesca prejudicada pelas manchas de óleo para que o seguro-defeso seja liberado pelo INSS. “Os senadores têm que provocar os estados, para dizer quais as colônias de pescadores foram afetadas e demandar a liberação do seguro-defeso através do INSS”, explicou Fernando Bezerra.
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com