Vaza Jato

Propinas do PSDB eram coordenadas por Aloysio Nunes, diz Léo Pinheiro 

 De acordo com Léo Pinheiro, entre as campanhas envolvidas no esquema está a do senador José Serra à Presidência da República, em 2010.

O ex-senador e ex-chanceler, Aloysio Nunes Ferreira, aparece em denúncia feita em acordo de delação da empresa OAS com a Operação Lava Jato, como o coordenador de pagamentos de propinas para as campanhas do PSDB.

De acordo com Léo Pinheiro, entre as campanhas envolvidas no esquema está a do senador José Serra à Presidência da República, em 2010.

Em pelo menos quatro capítulos, Aloysio é citado como solicitante de repasses em troca de liberação de dinheiro de obras da prefeitura paulistana e do governo de São Paulo para a empreiteira.

O ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, menciona o ex-senador sempre como a pessoa que solicita propina nas campanhas de 2006 e 2010, seja para ele ou para Serra,  relatou o jornal Folha em parceria com o site Intercept.

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com